A Polícia Federal (PF) confiscou o passaporte do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na sede do PL em Brasília nesta quinta-feira, 8. Segundo os agentes, o documento estava no gabinete do ex-presidente.

passaporte de Bolsonaro foi apreendido no âmbito da operação deflagrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira, 8, que  investiga uma tentativa de golpe de Estado para manter o ex-presidente no poder por meio de uma minuta golpista que previa a prisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes, além do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

Batizada de Tempus Veritatis, a operação mira aliados militares e políticos de Bolsonaro. Entre os alvos de buscas, estão o ex-ministro da Defesa e da Casa Civil Braga Netto, o ex-chefe do Gabinete de Segurança Institucional Augusto Heleno e o ex-ministro da Justiça Anderson Torres.

Foram presos na operação, conforme apuração do Terra, Filipe Martins (ex-assessor especial de Bolsonaro), Marcelo Câmara (coronel do Exército citado em investigações como a dos presentes oficiais vendidos pela gestão Bolsonaro e a das supostas fraudes nos cartões de vacina da família do ex-presidente), Rafael Martins (major das Forças Especiais do Exército) e Bernardo Romão Corrêa Netto (coronel do Exército).

Do Terra