WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  


:: 21/fev/2024 . 14:57

SINDTAXI estuda implantação de aplicativo em Ilhéus

 

Na manhã de terça-feira (20), a diretoria do SINDTAXI Ilhéus, Jailson Nascimento, participou de uma reunião com o representante da Cooperativa de táxi de Itabuna, Sônia, e Carlos, representante da empresa tkx.

O encontro foi para conhecer o aplicativo que está sendo implantado na região cacaueira, mais especificamente em Itabuna e Eunápolis. Segundo Jailson Nascimento, o objetivo é entender o funcionamento do aplicativo e seus benefícios, para levar ao conhecimento dos taxistas do município e discutir o interesse com a categoria.

 

 

Após ação do MP, Ilhéus implanta Programa “Família Acolhedora”

Um programa de acolhimento de crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social foi criado pelo Município de Ilhéus, no último dia 16, após a Justiça acolher os pedidos apresentados em ação civil pública movida pelo Ministério Público estadual e determinar a instituição do “Programa Família Acolhedora”. A medida, explica a promotora de Justiça Maria Amélia Sampaio Góes, é direcionada a crianças e adolescentes que se encontram nessa situação em razão da ruptura do vínculo afetivo e familiar. Ela destacou que a lei estabelece que a inclusão da criança ou adolescente em programas de acolhimento familiar deve ter preferência ao acolhimento institucional, observado, em qualquer caso, o caráter temporário e excepcional da medida.

O fomento à instituição do “Programa Família Acolhedora” em municípios baianos é uma das metas estratégicas do Ministério Público estadual no âmbito do projeto “Tecendo o Amanhã”, desenvolvido pelo Centro de Apoio Operacional da Criança e do Adolescente (Caoca). Em Ilhéus, o Família Acolhedora será gerenciado pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza, que integra o Sistema Único de Assistência Social (Suas) do Município, sendo que a colocação da criança ou adolescente no serviço de acolhimento da Família Acolhedora só ocorrerá, conforme prevê a lei, por determinação da autoridade judiciária competente. O período em que a criança ou adolescente permanecerá na família acolhedora será o mínimo necessário para o seu retorno à família de origem ou encaminhamento à família substituta.

A Lei nº 4.249, sancionada pelo prefeito de Ilhéus, estabelece os requisitos para quem deseja assumir a responsabilidade de Família Acolhedora, indicando, por exemplo, que os responsáveis devem ser maiores de 21 anos e pelo menos 16 anos mais velhos que o acolhido, sem restrição quanto ao sexo e o estado civil; que todos os membros da família civilmente capazes devem concordar com o acolhimento; residir no mínimo há um ano no município de Ilhéus; ter disponibilidade de tempo e demonstrar interesse em oferecer proteção e afeto às crianças e adolescentes; dentre outras medidas. A inscrição para se candidatar ao Família Acolhedora deve ser realizada pessoalmente, de forma gratuita, na sede da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza.

Também de acordo com a lei municipal, compete à família acolhedora prestar assistência material, moral, educacional e afetiva à criança e ao adolescente; participar do processo de acompanhamento e capacitação continuados; prestar informações sobre a situação da criança e do adolescente acolhido à equipe interdisciplinar do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora; contribuir na preparação da criança ou adolescente para retorno à família de origem, ou extensa, e na impossibilidade, a colocação em família substituta, sempre sob orientação da equipe interdisciplinar. A lei dispõe ainda sobre a bolsa-auxílio, que será repassada por criança ou adolescente às familias.

Carro utilizado no assassinato de irmãos é localizado

 

De Fábio Roberto Notícias 

Uma guarnição da 70ª CIPM recebeu denúncia anônima sobre um carro abandonado no povoado de Carobeira, zona norte de Ilhéus. Imediatamente, os PMs foram até o local para averiguar a denúncia e prender os suspeitos.

Após verificação no sistema de trânsito, descobriu que o veículo era clonado e foi utilizado no assassinato dos dois irmãos, ocorrido na madrugada desta terça-feira (20) no bairro do Iguape.

O automóvel foi apresentado no plantão da 7ª COORPIN para lavratura do boletim de ocorrência e adoção das medidas legais.

Homens invadem casa e matam a tiros irmãos de 19 e 10 anos no Iguape

 

Na madrugada desta terça-feira (20), dois irmãos foram mortos a tiros depois que tiveram uma casa invadida por homens armados, no bairro Iguape. Segundo a Polícia Civil, as vítimas foram identificadas como Joelson Divino Moreira Júnior, de 19 anos, e João Victor Santos Moreira, de 10.

Segundo informações, os autores do crime chegaram ao imóvel em que os irmãos moravam em um carro e prenderam os pais das vítimas em um quarto. Após o crime, fugiram.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia