Foto: SSP

Durante os dias das celebrações, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), 28 mil policiais e bombeiros vão estar nas ruas com esquema estratégico de segurança. A instituição investiu mais de R$ 9 milhões de reais, para garantia de efetivo e da estrutura. Além disso,  serão realizados em Salvador e em diversos municípios do interior do estado, vão contar com o Sistema de Reconhecimento Facial.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, disse que as atenções do órgão estão voltadas para a operação. “Além do policiamento convencional, nós estamos reforçando o policiamento em outras regiões e principalmente nos grandes centros de festa do São João”, afirmou.

Já a Polícia Civil está prevendo um reforço em 232 cidades do interior, sendo que nas cidades que terão maior concentração de público, a SSP vai montar delegacias especiais. “Serão instalados Posto Avançados da Polícia Civil em Senhor do Bonfim, Cruz das Almas, Amargosa, Santo Antônio de Jesus, Ibicuí, Eunápolis e Porto Seguro. A ideia é que essa estrutura esteja mais próxima de onde acontecerão os maiores festejos, de forma a otimizar as medidas de polícia judiciária”, detalha a delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Campos Brito.

Com início na próxima quinta-feira (23), o esquema de segurança voltado para os festejos vai até domingo (26), e segue entre os dias 30 de junho, até o dia 2 de julho, feriado da Independência da Bahia.  O efetivo vai atuar em todo o estado nas ações preventivas, por meio de patrulhas nas áreas de festa e fiscalização dos itens de segurança dos espaços, e também nas ações de monitoramento e investigação, com