WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



prefeitura ilheus prefeitura ilheus


(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

junho 2022
D S T Q Q S S
« maio    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: 21/jun/2022 . 11:24

CLUBE DE PESCA DE ILHÉUS VENCE CAMPEONADO BRASILEIRO NO ÚLTIMO FINAL DE SEMANA, SEDIADO NO RIO DE JANEIRO

O Clube de Pesca de Ilhéus encerrou sua participação no campeonato brasileiro de Pesca, ocorrido no último fim de semana no Rio de Janeiro (RJ), com grande êxito. A comitiva ilheense conquistou o grande prêmio de vencedor de clube surf-casting (pesca de terra firme), Confederação Brasileira de Pesca e Desportos Aquáticos. A Bahia encerrou sua participação como bicampeã nas categorias feminino e masculino.

O atleta ilheense Danilo Docio sagrou-se o grande vencedor da competição no geral levando o Troféu transitório sendo grande destaque da competição, na qual já foi vencedor na categoria do Masculino edição de 2021, Outro Grande destaque foi o Atleta Thiago Carvalho sagrando-se campeão na categoria masculino e Jéssica Pereira Lopes, no feminino. O competidor ilheense João de Jesus foi o vice-campeão na categoria Sênior e Sidney Macedo terminou em vice na categoria Máster. Para o presidente da Clupesil, Anselmo Miguel Clement, tantos resultados positivos só atestam o grande potencial dos atletas do Clupesil da terra da Gabriela. “Ilhéus possui hoje uma cartela importante de atletas de alto rendimento, que estão, inclusive, na seleção brasileira de pesca e participarão do campeonato Mundial na Tunísia em 2022 mais uma oportunidade para levar o nome de nossa cidade para outros cantos do mundo”, salientou. :: LEIA MAIS »

PREFEITURA DE ILHÉUS DIVULGA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CREDENCIAMENTO DE ARTISTAS NO EVENTOS NA CIDADE

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Especial de Turismo, publicou o Edital n. 001/2022, que dispõe sobre as exigências legais, em cumprimento à Lei nº 3.619/12, do Plano Municipal de Cultura de Ilhéus para credenciamento de serviços artístico-culturais, no biênio 2022-2023. As inscrições terão início em 20 de junho do ano em curso e se estenderão até 20 de junho de 2023.

O chamamento visa credenciar Grupos Artísticos e Culturais, Bandas e Blocos Afro para compor a programação artística-cultural do Réveillon, Puxada do Mastro, Lavagem da Escadaria da Catedral, Carnaval Cultural, Aniversário da Cidade, São João dos Bairros, Semana Jorge Amado de Cultura e Arte, Projeto Seis e Meia e projetos e atividades apoiados pela Prefeitura.

Os profissionais poderão se inscrever nas modalidades Banda, Grupos Artísticos e Culturais e Bloco Afro, respectivamente. As bandas atendem aos gêneros Afro, Axé, Música Erudita, Banda Filarmônica, Banda de Samba, Banda Gospel, Banda de Blues, Banda de Rock, Grupo de Rap, Banda de MPB, Banda de Jazz, Banda de Reggae. Os grupos poderão ser de Teatro, Dança, Circo, Grupos de Capoeira e Samba de Roda.

Chamamento público e quem pode participar – Conforme o parágrafo primeiro do chamamento público para credenciamento, em todas as modalidades, só poderão participar pessoas físicas, Microempreendedores Individuais (MEI) e pessoas jurídicas do campo artístico-cultural, sediadas no município de Ilhéus há pelo menos um ano.

Baixe aqui o Edital para cadastramento:

Edital de chamamento

 

Sistema de Reconhecimento Facial será usado na Bahia durante Operação São João

Foto: SSP

Durante os dias das celebrações, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), 28 mil policiais e bombeiros vão estar nas ruas com esquema estratégico de segurança. A instituição investiu mais de R$ 9 milhões de reais, para garantia de efetivo e da estrutura. Além disso,  serão realizados em Salvador e em diversos municípios do interior do estado, vão contar com o Sistema de Reconhecimento Facial.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, disse que as atenções do órgão estão voltadas para a operação. “Além do policiamento convencional, nós estamos reforçando o policiamento em outras regiões e principalmente nos grandes centros de festa do São João”, afirmou.

Já a Polícia Civil está prevendo um reforço em 232 cidades do interior, sendo que nas cidades que terão maior concentração de público, a SSP vai montar delegacias especiais. “Serão instalados Posto Avançados da Polícia Civil em Senhor do Bonfim, Cruz das Almas, Amargosa, Santo Antônio de Jesus, Ibicuí, Eunápolis e Porto Seguro. A ideia é que essa estrutura esteja mais próxima de onde acontecerão os maiores festejos, de forma a otimizar as medidas de polícia judiciária”, detalha a delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Campos Brito.

Com início na próxima quinta-feira (23), o esquema de segurança voltado para os festejos vai até domingo (26), e segue entre os dias 30 de junho, até o dia 2 de julho, feriado da Independência da Bahia.  O efetivo vai atuar em todo o estado nas ações preventivas, por meio de patrulhas nas áreas de festa e fiscalização dos itens de segurança dos espaços, e também nas ações de monitoramento e investigação, com

São João deve movimentar mais de R$ 550 milhões em cidades de ‘médio porte’, diz SDE

Foto: Rosilda Cruz/Bahiatursa

Um levantamento realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE-BA) estimou que as festividades de São João movimentem mais de R$ 550 milhões entre os municípios de “médio porte”. Em pesquisa divulgada nesta segunda-feira (20), a SDE espera que as festas juninas gerem cerca de 40 mil empregos temporários.

A secretaria destacou a alta nas procuras por produtos típicos da culinária durante o feriado de São João, principalmente em feiras e mercados municipais.

“O comércio baiano está esperançoso! As festas juninas trazem ótimas oportunidades para atraírem ainda mais consumidores e aumentarem a receita do território baiano. O mês de junho impulsiona a venda de diferentes produtos para este mês, além de contribuir para o turismo nos municípios do Estado e gerar empregos nas regiões. É um momento de valorização cultural para a Bahia”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Nunes.

De acordo com a SDE, os setores que mais se destacam com aumento no seu volume de vendas e de serviços prestados nesse período são as farmácias, padarias, lanchonetes, lojas de roupas e calçados; o de turismo, com a chegada de turistas de outros estados, por meio dos aeroportos e as hospedagens no segmento hoteleiro em todo interior; o setor de transportes com a grande procura por passagens áreas, vans e locação de veículos.

CCJ da Câmara aprova PEC que estabelece lei sobre piso salarial de enfermeiros

Foto: Agência Brasil

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou a admissibilidade da PEC que estabelece o piso salarial nacional para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiros.
O parecer pela admissibilidade, elaborado pela deputada Bia Kicis (PL-DF), foi aprovado em votação simbólica. A proposta precisa ser analisada por uma comissão especial antes de seguir para o Plenário. O texto já tinha sido aprovado pelo Senado em 2 de junho. A PEC foi elaborada e aprovada para dar segurança jurídica para o piso nacional da categoria.
Um projeto de lei prevendo o mínimo salarial para a enfermagem já havia sido aprovado pelo Congresso Nacional. No entanto, a proposta nem chegou a ser encaminhada pela Câmara dos Deputados para a sanção presidencial, pois havia receio de veto de Jair Bolsonaro (PL) ou mesmo de ações judiciais. Isso porque havia o risco de a proposta configurar vício de iniciativa.
O texto da PEC determina que uma lei federal vai instituir os pisos salariais nacionais para os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiros. Ou seja, permite que o projeto de lei aprovado anteriormente tenha condições legais de ser aplicado.
O projeto cria um piso de R$ 4.750 para os enfermeiros. Técnicos em enfermagem receberiam 70% desse valor, e auxiliares de enfermagem e parteiros, 50%. De acordo com a proposta, o valor será corrigido anualmente com base no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).
A deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) agradeceu a todos os deputados que aprovaram o relatório. Ela disse que essa era uma forma de dar um justo reconhecimento à categoria, que teve ainda mais visibilidade na pandemia de Covid-19.
“É uma categoria que em momento algum se limitou ou se negou a ir para a linha de frente da Covid-19. A enfermagem brasileira, que compõe 70% da força de trabalho dos trabalhadores da área da saúde, e que desses 70%, 90% são mulheres com dois ou três vínculos que aguardavam por muitos anos a possibilidade da melhoria do seu vencimento”, disse.
No Senado, assim como aconteceu durante a aprovação do projeto de lei, os parlamentares reconheceram que ainda não existe uma solução para financiar os custos do novo piso nacional da enfermagem, mas apenas apontaram possíveis fontes.
O senador Davi Alcolumbre (União Brasil – AP) disse que “inevitavelmente” a liberação de jogos de azar será uma das fontes do novo piso. A fala gerou uma grande discussão entre parlamentares a favor e contra os jogos.
“Inclusive tem uma proposta nesta Casa, porque o projeto de lei que autoriza os jogos no Brasil será, inevitavelmente, uma fonte de arrecadação não só para cumprir o piso porque nós temos assegurados lá, na transferência do FPM [Fundo de Participação dos Municípios] e do FPE [Fundo de Participação dos Estados] para os estados, mais de R$ 6,5 bilhões a mais”, afirmou.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia