WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



prefeitura ilheus prefeitura ilheus


(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

junho 2022
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: 29/jun/2022 . 20:12

BAHIA ADERE À CAMPANHA VACINA MAIS

Uma campanha com ampla mobilização da sociedade civil brasileira e organismos internacionais, como a Organização Panamericana de Saúde (Opas/OMS), foi lançada nesta quarta-feira (29), em Brasília, pelos Conselho Nacional de Saúde (CNS), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias municipais de Saúde (Conasems): a Vacina Mais.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) se uniu ao ato de forma virtual, reunindo técnicos e dirigentes no auditório da secretaria, com a presença da titular da pasta, Adélia Pinheiro. A campanha visa ampliar as taxas de cobertura das vacinas no Brasil, que vem sofrendo sucessivas quedas nos últimos anos.

“É preciso haver esse reconhecimento de que, como nação, nossas coberturas estão decrescentes, muito em função de um movimento antivacina que ganhou força no Brasil nos últimos anos. Vamos nos esforçar e nos unir nessa grande campanha de integração em prol da reafirmação do compromisso em favor da Saúde e da vida”, afirmou Adélia Pinheiro.

Foto: Ascom/Sesab

Segundo a diretora da Opas no Brasil, Socorro Gross, a vacinação é o mais eficaz e barato mecanismo de saúde para evitar doenças. E foi responsável por erradicar a varíola, poliomielite, rubéola e tétano de diversas nações do mundo.

“Vacinas salvam vidas, são seguras, previnem enfermidades e protegem as comunidades mais vulneráveis. Essa campanha precisa conscientizar os brasileiros de que a vacina é um bem público e aqui no Brasil, totalmente gratuito, pelo SUS. Um bem que mantém a população saudável”, ressaltou ela.

Para reconquistar as altas coberturas da vacinação de rotina do Programa Nacional de Imunizações (PNI), a Vacina Mais vai contar com uma ampla campanha de comunicação nos municípios e estados. Além disso, ganhou um reforço significativo da sociedade civil, com a participação de entidades como Anvisa, Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Sociedade Brasileira de Infectologia, diversas sociedades médicas e Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Para o presidente do Conselho Nacional de Saúde, Fernando Pigatto, é necessário “desfazer falsas notícias que levam a morte”. E Nésio Fernandes, presidente do Conass, complementou dizendo que “em qualquer país civilizado do mundo, é inaceitável que pessoas morram de alguma doença imunoprevenível por falta de vacinação. É inaceitável que doenças já erradicadas, como o sarampo e a poliomielite, voltem por causa de campanhas mentirosas a respeito das vacinas, com teses já superadas há anos”.

A CNBB se comprometeu a usar a alta capilaridade da igreja católica no Brasil para combater o negacionismo em torno das vacinas. “Vamos conversar, dialogar e conscientizar cada pessoa em nossas paróquias, do Oiapoque ao Chuí. Esse é um ato de responsabilidade social em defesa da vida. Contra a desinformação, Vacina Mais”. frisou um representante da instituição.

PNI 

O Brasil é um dos poucos países no mundo que oferecem um extenso rol de vacinas gratuitas à sua população. A iniciativa dos conselhos e da Opas busca fortalecer o Programa Nacional de Imunizações (PNI) que, em 2023, completará meio século de serviço para a população do país e, a cada ano, se consolida como uma das principais intervenções brasileiras em saúde pública.

O PNI conta com vacinas para mais de 30 doenças, disponibiliza cerca de 300 milhões de doses anualmente e tem cerca de 38 mil salas de vacinação, distribuídas pelo território nacional para que as pessoas possam se imunizar e exercer seu direito à saúde e à vida.

Bahia segue tendência nacional

Na Bahia, até 2015, a média de cobertura das principais vacinas indicadas ao público infantil esteve acima da meta. Nos anos seguintes, esse percentual vem decrescendo gradualmente, potencializando o risco de retorno de doenças que já vinham sendo mantidas sob controle ou estavam eliminadas e erradicadas.

A vacina pentavalente, que protege contra difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenzae tipo b e poliomielite (VIP), por exemplo, teve redução na cobertura de 58% em sete anos. Em 2015, a cobertura era de 92,9%. Caiu para 76,9% em 2016, manteve esse patamar em 2017, alcançou uma cobertura levemente superior em 2018 (77,2%) e, depois, só caiu: 65% em 2019, 63% em 2020 e 54,6% ano passado.

A BCG, que é uma vacina indicada para ser aplicada nas primeiras horas de nascimento, preferencialmente ainda na maternidade, e previne as formas graves de tuberculose, teve sua cobertura reduzida drasticamente no estado, passando de 100% de cobertura, em 2015, para apenas 48,7% em 2021.

“Várias hipóteses são levantadas para justificar este cenário, como a falsa sensação de segurança dos pais atuais, que não convivem mais com essas doenças justamente por causa do sucesso das campanhas de vacinação em massa mediadas pelo PNI no passado”, enfatiza Ramon Saavedra, técnico da Vigilância Epidemiológica da Bahia.

INTERNADA HÁ 15 DIAS, IDOSA SOFRE ENQUANTO AGUARDA POR CIRURGIA NO COSTA DO CACAU

Uma senhora de 83 anos, identificada como Célia Vieira Barbosa, tem vivido dias de muito sofrimento. Célia deu entrada no Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, após fraturar o fêmur.

Segundo relato da neta, Célia está há 15 dias agonizando com dores fortes à espera de uma cirurgia. A família ainda afirmou que Célia é portadora de diabetes e hipertensão e está com arritmia cardíaca. Como pedido de socorro, familiares pedem ajuda para que uma providência seja tomada com urgência.

A cirurgia da idosa ainda chegou a ser marcada na semana passada, mas foi cancelada minutos antes, quando o hospital informou que não tinha vaga na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Até então, o procedimento não foi mais remarcado, sob a justificativa de falta de material cirúrgico.

Além da fratura no fêmur, os médicos desconfiam que a idosa também esteja com trombose. Em idade avançada e sem se movimentar por dias, Célia está com um grande inchaço nas pernas. A família contou que o médico que acompanha a idosa já solicitou um exame. A cirurgia só será permitida caso a suspeita de trombose seja descartada.

Não tem sido fácil para a família assistir ao sofrimento de dona Célia. A senhora, que faz 84 anos no próximo dia 30, fez um pedido a Deus de partir o coração. “Eu estou com muita dor, meu Deus! Eu quero que o Senhor me leve logo, pelo amor de Deus. Me leve e acabe com esse sofrimento”, disse.

A neta de Célia contou que a família fez denúncia junto ao hospital e à assistência social. “É um sofrimento pra todo mundo e a gente só queria que resolvesse”, desabafou.

VIVA ILHÉUS BATE RECORDE DE PÚBLICO E REÚNE MAIS DE 100 MIL PESSOAS NA AVENIDA SOARES LOPES

Um verdadeiro mar de gente. A Avenida Soares Lopes ficou pequena para os foliões que aproveitaram o Viva Ilhéus e puderam matar a saudade das festas populares e dos grandes shows realizados no município. Dos dias 25 a 28 de junho, aproximadamente 100 mil pessoas passaram pelo circuito montado no coração da cidade, de acordo com informações fornecidas pela Polícia Militar.

O público curtiu as apresentações com tranquilidade e segurança, em clima de celebração pelos 488 anos de uma das cidades mais importantes da Bahia. Presente nos festejos, o prefeito Mário Alexandre visitou todos os espaços e barracas padronizadas ao longo do circuito.

Conforme a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (SDE), o Viva Ilhéus gerou 300 empregos diretos e outros 150 indiretos, além disso, a festa movimentou cerca de R$ 1 milhão na economia local, por meio da comercialização de bebidas, gêneros alimentícios, entre outros.

O gestor não escondeu o sentimento de felicidade, visto que o evento é um grande mentor para a retomada do setor turístico, afetado diretamente pela pandemia.

Mário Alexandre também reforçou a importância de fortalecer as tradições nordestinas, seja através da música, seja através da culinária, do artesanato e das manifestações culturais.

“Eu estou muito feliz, porque realizamos mais uma edição de sucesso do Viva Ilhéus. Agradeço a Deus e peço que me dê força e saúde para continuar lutando pelo povo. Não promovemos apenas uma festa. Geramos renda para pais e mães de família, mostramos a nossa cultura às pessoas que nos visitaram e, acima de tudo, celebramos no clima de paz e segurança. Eu só tenho a agradecer ao nosso governador Rui Costa e toda a sua equipe, que têm nos apoiado em ações importantes para fortalecer o projeto de reconstrução da nossa amada cidade”.

A megaestrutura contou com dois palcos, sistemas de sonorização modernos; iluminação de alta qualidade e pórticos. Integrada ao circuito principal, a Vila Cultural Junina também foi bastante visitada pela população.

A atuação conjunta da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Guarda Civil Municipal (GCM) e Sutram garantiu a segurança das famílias, a fim de que todos pudessem se divertir com tranquilidade. O circuito também contou com posto médico e assistência 24 horas.

“Evento maravilhoso, que atendeu a expectativa de todo mundo. Eu dancei e me diverti muito, especialmente ao som de Harmonia do Samba”, comentou a estudante Sarah Oliveira, de 23 anos.

Atrações – Subiram ao palco no dia 25, as bandas Top Gan; Kleo Dibah; A Tarraxada e Calango Aceso, colocando os foliões para entrar no clima. No segundo dia, a festa foi embalada pela dupla Hugo & Guilherme; Banda Caninana; Vilões do Forró; Tony Canabrava; Zefa di Zeca; Bete Nascimento e Raneychas.

Na véspera do aniversário da cidade, o público foi ao delírio com a apresentação da dupla Maiara & Maraisa; que iniciou o show cantando os parabéns pelos 488 anos de Ilhéus, além de grandes sucessos da carreira. Os festejos também foram comandados pelo cantor sertanejo Thiago Brava; Thullio Milionário; Canários do Reino; Caviar com Rapadura; Donas do Bar; Banda Nego Lu e Allan Diniz.

Na terça-feira (28), fechando o evento com chave de ouro, o ícone da música brasileira, Geraldo Azevedo, puxou um grade coro na Avenida. Também subiram ao palco Xote Apimentado; Pipoco do Trovão; Cris Mel; Harmonia do Samba; Thiago Aquino; Trio da Huanna; Neto LX e Emely Rodrigues.

“O meu sentimento é de gratidão. Eu me sinto motivado a trabalhar ainda mais pelo meu povo. Agradeço a todos que colaboraram para que esse evento mais uma vez fosse sucesso de público, um verdadeiro show de cultura, música e muita diversão”, finalizou Mário Alexandre.

A festa foi promovida em parceria com a Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa).

BAHIA REGISTRA 2.744 CASOS DE COVID-19 E MAIS 1 ÓBITO

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.744 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,17%), 1.614 recuperados (+0,11%) e 1 óbito. Dos 1.572.789 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.534.689 já são considerados recuperados, 8.075 encontram-se ativos e 30.025 tiveram óbito confirmado.

Os dados podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

boletim epidemiológico desta quarta (29) contabiliza, ainda, 1.908.319 casos descartados e 342.588 em investigação. Esses dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quarta. Na Bahia, 64.579 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.615.288 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.688.481 com a segunda dose ou dose única, 6.317.522 com a dose de reforço e 689.976 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 970.904 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 553.929 já tomaram também a segunda dose.

Fonte: Ascom/Sesab

THARCISO AGUIAR TEM HABEAS CORPUS NEGADO E CONTINUA FORAGIDO DA JUSTIÇA,

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) indeferiu na manhã desta terça-feira (28), o pedido de habeas corpus feito pelos advogados do empresário Tharcísio Aguiar, responsável pela morte da cirurgiã-dentista Ranitla Scaramussa atropelada no dia 11 de junho.

Em 23 de junho, o Juízo da 1º Vara do Júri de Ilhéus determinou a prisão preventiva de Tharcíso. O empresário até então não se apresentou à justiça, sendo considerado fogarido.

 

MESMO COM DECISÃO JUDICIAL SUSPENDENDO TODOS OS PROCESSOS DE PAGAMENTO, PREFEITA CONFIRMA PEDRÃO EM EUNÁPOLIS

Eunápolis/ foto: divulgação

Após a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia suspendendo todos os processos de pagamento das atrações, estrutura, iluminação, hospedagens, buffet e demais gastos da festa denominada “SÃO JOÃO SE ENCONTRA COM O PEDRÃO EM EUNÁPOLIS” na noite desta terça-feira (28/06), a prefeita Cordélia Torres durante uma coletiva de imprensa no circuito do Pedrão confirmou que o evento começa nesta quarta-feira (29).

Segundo a decisão, a gestora tem o prazo de 24 horas após a decisão, para promover a comprovação plena e integral de todos os gastos com todas as etapas/fases de organização do evento, juntando documentação necessária para demonstrar que os gastos estão dentro do limite de R$3.664.000,00 (três milhões, seiscentos e sessenta e quatro milhões) de reais, com suplementos de verbas nos valores de R$ 162.000,00 (cento e sessenta e dois mil reais) através do Decreto 10.685, datado de 01/04/2022.

No caso de descumprimento da liminar terá multa diária no valor de R$50.000,00 (cinquenta mil reais).

O Ministério Público salienta que “diversamente do previsto no art. 16 da LRF, o custo do evento, estimado em (até o apurado neste momento, restando a comprovação de outros gastos que serão realizados pela prefeitura na organização do evento alcança a órbita de R$ 7.234.133,02 (sete milhões, duzentos e trinta e quatro e cento e trinta e três reais e dois centavos), não veio acompanhado da devida previsão orçamentária que autorize estes gastos.

Cita também os arts. 59 e 75 da referida Lei orientadora dos gastos públicos, expondo que “se não se enxerga lastro orçamentário para fundamentar um gasto público, o ato que o realiza é ilegal, portanto passível de anulação e, nos moldes pretendidos, deve receber a intervenção do Poder Judiciário para cessá-lo, acaso a ilegalidade seja detectada antes de sua consumação, sob pena de o erário público e a ordem jurídica restarem em risco”. E, no caso presente, os gastos com a festa denominada ´SÃO JOÃO SE ENCONTRA COM PEDRÃO EM EUNÁPOLIS 2022´ ainda não foram todos realizados, inclusive, quando do propositura da presente ação, ainda não se havia notícias sequer da conclusão e pagamento das despesas relativas ao PREGÃO ELETRÔNICO 029/22, o que tornava possível a suspensão dos atos de licitação e futuras contratações e pagamentos acaso o Judiciário abrigasse nossa tese sobre a ilegalidade, até agora percebida, de execuções de despesa sem amparo orçamentário anual.”

MINISTÉRIO DA SAÚDE CONFIRMA 21 CASOS DE VARÍOLA DOS MACACOS; BAHIA AINDA NÃO APRESENTA NENHUM CASO

O Ministério da Saúde atualizou hoje (29) o número de casos confirmados de varíola dos macacos no País e informou que, até agora, 21 pessoas estão com a doença. Segundo a pasta, 14 pacientes estão no estado de São Paulo, cinco no Rio de Janeiro, e dois no Rio Grande do Sul.
O boletim não informou qual o estado de saúde desses pacientes e em quais cidades eles estão. No último comunicado divulgado pelo ministério, divulgado na sexta-feira (24), o Brasil tinha 17 casos confirmados.
Ainda de acordo com o boletim, outros 23 casos seguem em investigação nos estados do Ceará (4), Rio Grande do Sul (2), Paraná (3), Santa Catarina (2), Espírito Santo (1), Acre (2), Rio Grande do Norte (1), Minas Gerais (2), Goiás (1), Distrito Federal (1), Mato Grosso do Sul (1) e Rio de Janeiro (3).
A pasta também informou que está monitorando os casos e rastreando os contatos dos pacientes por meio da Sala de Situação e do CIEVS (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde).



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia