Presidente de um dos Parlamentos Municipais mais antigos do Brasil – a Câmara de Ilhéus -, o vereador Jerbson Moraes (PSD) lembrou hoje (31) os trinta e seis anos do fim da ditadura militar no Brasil, “um regime que oprimiu o povo brasileiro”. Em pronunciamento feito na Câmara, Jerbson Moraes homenageou aos que lutaram e conseguiram romper o regime de exceção, contribuindo para a construção da democracia.

Moraes também aproveitou para alertar o povo brasileiro, em especial a população de Ilhéus, que o regime de exceção “matou, oprimiu, destruiu a liberdade de expressão e a liberdade política”.  Lembrou ainda que o País vive um momento em que deve refletir o que aconteceu “para ficar afastado cada vez mais de qualquer possibilidade de que este regime volte”.