WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



camara de ilheus


(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

abril 2021
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  






:: 28/abr/2021 . 10:18

INFORWORLD REALIZA GRANDE PROMOÇÃO EM PARCERIA COM A RÁDIO BAHIANA; CONFIRA!

Em parceria com o programa Na Boca do Povo , da Rádio Bahiana, a INFOWORLD preparou uma promoção imperdível!

Na inscrição no curso de informática, você não paga matrícula e a mensalidade fica no valor fixo de 99,90. Além disso, você ganha inteiramente grátis um curso de operador de caixa!

Para mais informações entre em contato com o tel.: (73) 98835-3070 / 3223-6200

POLICIA FEDERAL FAZ OPERAÇÃO CONTRA TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS EM CIDADES DA BAHIA

Operação da PF cumpre mandados de prisão e busca e apreensão em Salvador, Dias D’Ávila, Simões Filho e Barreiras — Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (28) uma operação que visa cumprir seis mandados de prisão e busca e apreensão contra organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas, com ramificações na Bahia.

De acordo com a PF, cinco mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária foram expedidos para os municípios de Salvador, Dias D’Ávila, Simões Filho e Barreiras.

A operação é um desdobramento das prisões e da grande apreensão realizada no último dia 5, em Santo Estêvão, quando quase uma tonelada de cocaína foi encontrada em fundos falsos de três caminhões-tanque, que tinham Salvador como destino.

Ainda de acordo com a PF, a partir da análise do material apreendido naquela oportunidade, e com o aprofundamento das investigações, foi possível constatar o envolvimento de pessoas ligadas à empresa transportadora, proprietária dos caminhões, que a usavam para a prática criminosa.

Os investigados irão responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

SESAU INFORMA SOBRE APLICAÇÃO DA 2ª DOSE DA CORONAVAC EM ILHÉUS

Pessoas que estão dentro do prazo para aplicação da 2ª dose devem aguardar a chegada de nova remessa do imunizante.

Pessoas que tomaram a 1ª dose da vacina CoronaVac e estão dentro do prazo para aplicação da 2ª dose devem aguardar a chegada de nova remessa do imunizante, produzido pelo Instituto Butantan. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesau), à medida que novos lotes forem repassados ao município, a estratégia será retomada. Os dias, horários e pontos de vacinação serão informados previamente à população, por meio dos canais oficiais da Prefeitura de Ilhéus.

Segundo comunicado do Ministério da Saúde (MS), o Brasil enfrenta dificuldades no recebimento de insumos destinados à fabricação do imunizante e consequente demora no fornecimento de vacinas para reforço da CoronaVac. Sendo assim, a continuidade da aplicação da 2ª dose é preocupante em todo o país, não apenas em Ilhéus.  Até o mês de março, a orientação do MS era para que as doses não ficassem retidas, logo, o governo autorizou a vacinação da 1ª dose com a utilização dos imunizantes armazenados para completar o esquema de vacinal dos grupos prioritários.

A Sesau reitera que dará continuidade à vacinação do público que integra a lista de prioridades da primeira etapa da campanha contra a Covid-19, conforme o envio de novas doses. :: LEIA MAIS »

CÂMARA DE ILHÉUS TERÁ SESSÃO ESPECIAL INDÍGENA NA PRÓXIMA QUINTA (29), ÀS 16 HORAS

Cláudio Magalhães é o primeiro representante da etnia indígena tupinambá a ocupar uma cadeira da Câmara de Ilhéus

Aprovada no plenário, através de um requerimento apresentado pelo vereador Cláudio Magalhães (PCdoB), uma sessão especial indígena acontecerá na próxima quinta-feira (29), às 16h. O encontro será virtual, na plataforma Zoom e transmitido pelas redes sociais da casa legislativa ilheense, no Facebook e no YouTube.

A solenidade fará uma ampla abordagem sobre as questões indígenas no Brasil, como a demarcação de terras, direitos dos povos originários e a importância de sua representação e valorização cultural, com o tema central: “A importância do Abril Indígena para a Manutenção do Legado Cultural do Povo Tupinambá”.

Presenças confirmadas

Alguns caciques indígenas já confirmaram presença no evento, como Luciano Akauã, Maria Valdelice Jamopoty, Aruã Pataxó, Sival Susuarana, Gildo Amaral, Maria Jesuína Tupinambá, Valdenilson (APOIMNE), Agnaldo Pataxó (Coordenador Geral do Mupoiba) e Ramon Itagibá. A sessão ainda espera a participação de Joenia Wapichana (Rede-RR), primeira mulher indígena a ocupar um cargo de deputada na Câmara Federal.

Outros apoiadores e simpatizantes da causa indígena participarão do evento, como a deputada federal, Alice Portugal (PCdoB/BA); o deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB/BA); a secretária estadual Fábia Reis, Promoção da Igualdade Racial – BA; o presidente do Sindicato dos Bancários de Ilhéus, Rodrigo Cardoso; o presidente do Fórum de Igualdade Racial, Pai Val; o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Daniel Mendes; o representante dos Povos de Terreiro, Carlos Alabojy; o artista plástico Gildásio Rodriguez; entre outros convidados.

A sessão especial indígena ainda contará com a presença de Haroldo Heleno, coordenador do Conselho Indigenista Missionário (CIMI) Leste, que fará uma explanação sobre o processo de demarcação do Povo Tupinambá.

18 MESES APÓS MANCHAS DE ÓLEO NA BAHIA, LABORATÓRIO DIZ QUE CONSUMO DE PEIXES NÃO REPRESENTA RISCOS

Em agosto de 2019, um intenso vazamento de óleo atingiu o litoral brasileiro e em outubro, as manchas alcançaram as águas da Bahia. Na época, óleo foi detectado no sistema digestivo ou respiratório de todos os animais que foram submetidos a análise. Hoje, 18 meses após o acidente, o consumo de pescados não apresenta riscos à saúde.

“Fazíamos as análises dos pescados e a partir daí recomendávamos o cuidado na ingestão dos frutos do mar. Atualmente, entretanto, desconheço a existência de pronunciamento oficial que proíba o consumo de frutos do mar por causa da contaminação por estas manchas de óleo”, explica Francisco Kelmo, diretor do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

De acordo com Kelmo, os resíduos do material ainda estão presentes no litoral baiano. Ele explica que o óleo possui uma alta densidade e ao afundar é rapidamente coberto por sedimentos. Ou seja, há uma quantidade razoável de óleo “enterrado” nas praias da Bahia. Segundo o diretor do instituto, “esse material enterrado continua afetando os animais invertebrados que habitam o fundo do mar e continuará aparecendo na superfície de tempos em tempos na superfície, especialmente durante os períodos de tempestades”. :: LEIA MAIS »

CAIXA LIBERA LOTE DE AUXÍLIO EMERGENCIAL PARA 206 MIL PESSOAS QUE TIVERAM CADASTRO INDEFERIDO

Cerca de 206,1 mil trabalhadores informais que corrigiram informações no cadastro foram incluídos na nova rodada do auxílio emergencial, anunciou a Caixa Econômica Federal nesta terça-feira (27). Os contemplados receberão o benefício a partir de 16 de maio, junto com o pagamento da segunda rodada, quando serão creditadas duas parcelas nas contas poupança digitais.

Após a segunda parcela, esse público será incorporado ao calendário tradicional e receberá a terceira e a quarta parcelas nas datas estabelecidas. A relação dos beneficiados pode ser consultada no portal consultaauxilio.cidadania.gov.br, no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo telefone 111.

Segundo o Ministério da Cidadania, foram aprovados 206.126 novos benefícios. Desse total, 142.531 têm direito à cota de R$ 150 (pessoas que moram sozinhas), 39.719 receberão R$ 250 e 23.876 mulheres chefes de família que sustentam a casa sozinhas receberão R$ 375.

O trabalhador que teve o pedido processado, mas continuou com o benefício negado, terá dez dias para contestar a decisão.

MINISTÉRIO DA SAÚDE INCLUI GESTANTES E PUÉRPERAS EM GRUPO PRIORITÁRIO DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

Segundo a pasta, evidências científicas e dados epidemiológicos evidenciaram que a gestação e puerpério são fatores de risco para desfechos desfavoráveis da doença

Ministério da Saúde incluiu todas as gestantes e puérperas no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. A medida consta em nota técnica enviada na segunda-feira, 26, a Estados e municípios. Antes, apenas gestantes, puérperas e lactantes pertencentes a algum grupo prioritário poderiam ser vacinadas nesta etapa inicial.

Segundo a pasta, evidências científicas e dados epidemiológicos evidenciaram que a gestação e puerpério são fatores de risco para desfechos desfavoráveis da Covid-19, tanto no que diz respeito ao risco de hospitalização e óbito, mas também em desfechos gestacionais desfavoráveis como parto prematuro e abortamento. Mesmo que a segurança e eficácia das vacinas contra Covid-19 não tenham sido avaliadas neste grupo, o Ministério da Saúde avaliou que os benefícios da imunização de gestantes e purpúreas sejam maiores do que os riscos. Ainda de acordo com a pasta, a as vacinas de plataformas de vírus inativado já são utilizadas por esse grupo de mulheres no Calendário Nacional de Vacinação.

Estima-se que existam cerca de 3 milhões de gestantes e puérperas anualmente no País. Na fase I, serão vacinadas pessoas com gestantes e puérperas com comorbidades, independentemente da idade. Neste caso, deverá ser comprovada a condição de risco por meio de exames, receitas, relatórios e prescrição médica. Na fase II, começa a imunização de gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes.

A nota técnica não cita data específica, mas estima que a administração da primeira dose ocorrerá até o final de maio. O ministério orienta que a vacinação poderá ocorrer independentemente da idade gestacional e o teste de gravidez não deve ser um pré-requisito para a administração das vacinas nas mulheres. Segundo a pasta, vacinação poderá ser realizada com qualquer vacina de plataforma de vírus inativado (CoronaVac), vetor viral (vacina de Oxford/AstraZeneca) ou mRNA (Pfizer). O intervalo de no mínimo 14 dias entre a administração da vacina Influenza e a da Covid-19 deverá ser respeitada. No caso da puérpera, ao ser vacinada, na condição de lactante deverá ser orientada a não interromper o aleitamento materno.

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS ESTREIA O PROJETO AUDIOVISUAL “IntimIDADES” NESTE SÁBADO (1º)

Para abrir a programação do mês de maio o Teatro Popular de Ilhéus estreará sua mais nova produção, a performance audiovisual “IntimIDADES”. A montagem apresenta o relato de três atrizes sobre o tempo, o corpo e o sonho. A partir de cenas gravadas e também de cenas ao vivo, o público fará uma viagem na memória das três atrizes/personagens, sua relação com o corpo que se transforma no tempo, as lutas diárias contra o patriarcado e os seus sonhos.

“O espelho deve ser o lugar para me contemplar, não para me punir”.

A performance busca refletir sobre os conflitos que o tempo nos impõe, abrindo uma janela num diálogo entre passado, presente e futuro. Com Tânia Barbosa, Iara Colina e Mãe Ilza Mukalê, o espetáculo tem dramaturgia coletiva, encenação de Romualdo Lisboa, músicas de Eloah Monteiro e letras de Romualdo Lisboa com arranjos de Pablo Lisboa.

O projeto, que vem sendo maturado pelo grupo desde 2020, teve inicialmente a direção de Luís Alonso-Aude e a participação de Bárbara Lima, recém integrados ao Teatro Popular de Ilhéus. A pesquisa começada no segundo semestre do ano passado foi o pontapé inicial da encenação de Romualdo Lisboa.

Juntam-se ainda às três atrizes/personagens os depoimentos em vídeo de mais 9 mulheres, trabalhadoras, ativistas, sonhadoras, sendo elas Janira França, Jennifer Gomes, Hortência Brito, Glória Cunha, Patrícia Casaes, Clara Espada, Soraya Monteiro, Cláudia Mar e Ivana Nistico. A apresentação acontecerá no dia 1º de maio, dia em que se comemora o Dia Internacional de Lutas da Classe Trabalhadora, temática a qual se relaciona em diversos modos com a proposta da performance. :: LEIA MAIS »

GOVERNO FEDERAL APROVA CONCESSÃO DE MAIS DOIS TRECHOS DA FIOL

O Conselho do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), do governo federal, aprovou, nesta terça-feira (27), a concessão de mais dois trechos da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) para a iniciativa privada. O governo espera que quem vencer o leilão faça investimento de R$ 9,8 bilhões para a conclusão da ferrovia.

De acordo o governo, serão leiloados o segundo trecho da ferrovia, entre Caetité a Barreiras, na Bahia, com 485 km de extensão; e o terceiro trecho, de 505 km, que concluirá a interligação com a Ferrovia Norte-Sul em Figueirópolis, no estado de Tocantins. O leilão deve ocorrer no terceiro trimestre do próximo ano.

O primeiro trecho da ferrovia, entre os municípios baianos de Ilhéus e Caetité, foi leiloado no início deste mês. O trecho foi arrematado pela Bahia Mineração (Bamin), que assumiu o compromisso de investir R$ 3,3 bilhões. A ferrovia será administrada pela empresa por um período de 35 anos.

ILHÉUS: HOMENAGEM AOS TRABALHADORES DO CENTRO COVID-19 MARCA 1 ANO DO HOSPITAL DE CAMPANHA

Homenagem aconteceu no auditório do Centro de Convenções de Ilhéus.

A terça-feira deste 27 de abril de 2021 foi marcada por gratidão e reconhecimento em Ilhéus. Todos os profissionais e parceiros do Centro Covid-19 foram homenageados por meio de uma iniciativa da secretaria de Comunicação da Prefeitura de Ilhéus, no dia em que o hospital de campanha completou 365 dias de relevantes serviços prestados à comunidade. Todas as regras de distanciamento social, protocolos de segurança e limite de pessoas, foram respeitados.

O prefeito Mário Alexandre e a primeira dama Soane Galvão transmitiram dois comunicados por vídeo, saudando os homenageados e os parabenizando por este um ano de muita luta no cuidado para com a população. “Vamos na direção de dias melhores”, acresentou o prefeito. A coordenadora do Centro Covid-19, Daniela Navarro, proferiu um discurso encorajador a todos os presentes, ressaltando a importância dos profissionais de saúde e o juramento de salvar vidas, na continuidade da missão.

A mesa foi composta com as presenças do presidente da Câmara de vereadores, Jerbson Moraes, a coordenadora da Alta e Média Complexidade, Erika de Jesus, o secretário de Saúde, Geraldo Magela, e o coordenador do Comitê Operacional de Emergência (COE), André Cezário. “Ilhéus saiu na frente com a criação desse hospital de campanha, o que ajudou o município a controlar o avanço da pandemia na cidade e no tratamento dos pacientes de Ilhéus e de mais 41 municípios”, lembrou Cezário, que enfatizou uma gestão de visão do prefeito Mário Alexandre. :: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia