Referência pelo serviço prestado em prol da segurança e do bem-estar coletivo, a Guarda Civil Municipal de Ilhéus (GCMI) tem novo comando a partir desta terça-feira (6). O prefeito Mário Alexandre empossou Rosivaldo Oliveira dos Santos para o mandato de dois anos à frente da instituição, em substituição ao servidor Leonardo Bandeira.

A cerimônia simbólica foi realizada no Centro Administrativo da Conquista e contou com a presença da primeira-dama, Soane Galvão; do vice-prefeito, Bebeto Galvão; secretários de governo; líderes religiosos; representantes do Poder Legislativo e autoridades civis e militares. Oliveira foi eleito em março último, através do voto direto.

Durante o discurso, Mário Alexandre destacou o trabalho desenvolvido pela instituição, em especial no combate à pandemia, e os investimentos em equipamentos e tecnologia feitos nos últimos quatro anos, que versam sobre a valorização do profissional de carreira e uma gestão participativa.

“Queremos melhoria das condições de trabalho do nosso servidor. Por isso, realizamos a aquisição de equipamentos de proteção individual, compra de veículos, plano de cargos e salários e pagamento do auxílio fardamento. Agradecemos ao chefe Bandeira e parabenizamos o chefe Rosivaldo que estará no comando pelos próximos anos. Geralmente é o prefeito quem escolhe o comandante, mas em Ilhéus são os próprios guardas quem escolhem, porque a nossa gestão é democrática. Estou extremamente feliz. Sentimento de dever cumprido”.

Troca de comando GCM

O ex-comandante, que agora assume o cargo de inspetor, agradeceu ao efetivo pelo apoio prestado durante os quatros à frente do comando da corporação. Na ocasião, o servidor foi homenageado com a entrega das medalhas de Honra ao Mérito de Bravura e Honra ao Mérito Administrativo.

“Nós pegamos uma Guarda desestruturada, uma tropa com autoestima baixa. Graças ao prefeito Mário Alexandre conseguimos reerguer a nossa instituição. Hoje temos parceria com as polícias Militar, Federal e Civil, Ministério Público do Trabalho, com doação de equipamentos de proteção voltados para o combate ao coronavírus. Também conseguimos colocar a Guarda Civil de Ilhéus em âmbito nacional, com doação da Secretaria Nacional de Segurança Pública para aquisição de materiais, conseguimos ainda viaturas de alto padrão e construímos o centro de monitoramento, que oferece melhores condições de trabalho ao nosso efetivo, tudo acordado com o prefeito. Hoje o sentimento é de gratidão”.

Mandato 2021-2023 – O novo comandante afirmou que dará seguimento ao trabalho, através do bom relacionamento com o prefeito e da integração entre os órgãos de segurança pública. “Vamos continuar executando projetos, a fim de garantir mais avanços e conquistas para a categoria e promover maior e melhor segurança na nossa cidade”.

“Agradeço às instituições que ajudaram a Guarda a ser valorizada. Marinha do Brasil, Polícia Militar da Bahia, Polícia Federal, através dessa parceria conseguimos melhorar a qualidade técnica da nossa corporação. Momento extremamente importante”, finalizou o gestor ilheense. O evento simbólico de passagem de comando atendeu todos os protocolos de prevenção à Covid-19. Rosivaldo Oliveira foi eleito com 124 votos, ficando em segundo lugar, José Geraldo Pereira de Jesus, com 67 votos, e Josinei Oliveira dos Santos, com 15 votos.