Prisão aconteceu no último sábado (13) no município de Coaraci. Mulher foi encaminhada para o Conjunto Penal de Itabuna.

Uma mulher suspeita de produzir material pornográfico de uma adolescente de 14 anos foi presa no último sábado (13), em Coaraci, no interior da Bahia. Dois celulares e um notebook foram apreendidos por policiais civis e militares durante a ação.

De acordo com o Ministério Público (MP-BA), que solicitou a prisão da suspeita, a mulher ameaçava a vítima com uma faca enquanto a obrigava a posar para fotos e vídeos. Além disso, a adolescente era forçada a praticar atos sexuais.

 Equipamentos eletrônicos apreendidos na ação foram encaminhados para a perícia.

A denúncia do promotor de Justiça Inocêncio de Carvalho traz mensagens trocadas por aplicativo de conversação e catalogadas no relatório de investigação criminal, que, segundo ele, permitem inferir que a adolescente foi submetida a violência sexual e psicológica capazes de causar abalos à sua formação psicossocial e emocional.

A denúncia aponta que a adolescente era aliciada de julho de 2020 a janeiro de 2021, quando os fatos foram levados ao conhecimento da polícia. A partir daí, a acusada teria passado a tentar persuadir a vítima e seus familiares a não dar continuidade ao procedimento policial, o que, entendeu a Justiça, justifica a determinação da prisão preventiva.