WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



camara de ilheus prefeitura ilheus prefeitura ilheus prefeitura ilheus prefeitura ilheus


(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  






:: ‘Polícia’

TRÊS MULHERES SÃO PRESAS COM MAIS DE 10KG DE COCAÍNA EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Caso aconteceu na noite de quarta-feira (5). Uma das suspeitas foi abordada e levou policiais nos locais onde estavam as outras duas.

Três mulheres foram presas com mais de 10 quilos de cocaína em bairros de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. O caso aconteceu na noite de quarta-feira (5).

Uma das mulheres dirigia um carro e foi abordada pela polícia na Vila Serrana. Um tablete da droga foi encontrado com ela, dentro do veículo.

Durante a abordagem, ela contou aos policiais que teria comprado a droga em uma casa no bairro Patagônia, onde a segunda mulher foi encontrada com outros seis tabletes de cocaína.

A dupla levou ainda os PMs a outro imóvel, no bairro Khadija, onde a terceira mulher guardava mais dois tabletes da mesma droga.

As suspeitas foram presas e levadas para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep), onde estão à disposição da Justiça. Dois aparelhos celulares e R$ 263 também foram apreendidos com elas.

 

ILHÉUS: HOMEM TEM MANDADO DE PRISÃO CUMPRIDO PELA POLÍCIA CIVIL

Levantamento do Monitor da Violência aponta que, em 2019, Bahia teve 773 pessoas mortas pela polícia, enquanto em 2020 foram 1.137. Já o número de policiais da ativa mortos saiu de oito, em 2019, para 11 em 2020.

Um homem, de 28 anos, teve o mandado de prisão preventiva cumprido, na segunda-feira (3), em Ilhéus, por policiais do Núcleo de Homicídios. Ele é suspeito de envolvimento na morte e na tentativa de assassinato de dois irmãos.

As vítimas, de 18 e 19 anos, foram torturadas e atingidas por disparos de arma de fogo, no dia 23 de fevereiro, na localidade de Matinha. As investigações apontam que eles foram abordados por um grupo de traficantes, no bairro Alto do Nossa Senhora da Vitória, quando retornavam da casa da ex-namorada de um deles.

“Os irmãos foram confundidos com criminosos rivais e questionados pelos autores se estariam ali para colher informações”, explicou o delegado Helder Carvalhal de Almeida, que coordena o Núcleo de Homicídios de Ilhéus, acrescentando que uma das vítimas chegou a receber ordem para matar o irmão. “O mais velho conseguiu fugir e foi socorrido para o Hospital Regional Costa do Cacau”, ressaltou.

Com o cumprimento do mandado, expedido pela 1ª Vara do Júri da Comarca de Ilhéus, o homem, investigado pelos crimes de tortura mediante sequestro, homicídio consumado e tentado, porte ilegal de arma e associação criminosa, está à disposição do Poder Judiciário. As investigações continuam para localizar outros envolvidos na ação.

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL PRENDE MULHER COM MACONHA DENTRO DE ÔNIBUS

Ao todo foram apreendidos 13,3 Kg (treze quilos, trezentas gramas) da droga.

Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na manhã deste domingo (02), em Camacan, uma mulher com cerca de 13,3 Kg de maconha que estavam em uma mochila de viagem.

Por volta das 10h30, durante ações de combate ao crime no Km 594 da BR 101, trecho de Camacan, uma equipe da PRF abordou um ônibus que saiu do Rio de Janeiro (RJ) com destino a Itabuna, na Região Sul da Bahia.

Durante os procedimentos de fiscalização, os policiais perceberam sinais de nervosismo em uma das passageiras, foi quando a equipe decidiu vistoriar a bagagem da mulher e encontraram os tabletes de maconha acondicionados em uma mochila vermelha. Ao todo foram apreendidos 13,3 Kg (treze quilos, trezentas gramas) da droga.

Questionada, a mulher de 19 anos informou aos policiais que recebeu a droga na rodoviária do Rio de Janeiro (RJ) e que foi contratada para fazer o transporte da maconha até a cidade de Itabuna, no interior da Bahia. Disse ainda que ganharia 1.500 reais pelo serviço.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante e a mulher e o produto apreendido foram apresentados a autoridade de plantão da Delegacia de Polícia Civil de Itabuna (BA). Inicialmente, ela responderá pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006 (Tráfico de drogas).

OPERAÇÃO DA PM PRENDE QUATRO PESSOAS EM ITABUNA; SUBMETRALHADORA FOI APREENDIDA

Um carro clonado também foi apreendido. Caso aconteceu na quinta-feira (29), e presos estão à disposição da Justiça.

Quatro pessoas foram presas durante uma operação da Polícia Militar, na cidade de Itabuna, no sul da Bahia, na quinta-feira (29). Com os suspeitos, a polícia apreendeu armas, entre elas uma submetralhadora, e um carro clonado.

O primeiro suspeito preso foi encontrado no Condomínio Pedro Fontes. Segundo a polícia, ele que estava com a submetralhadora. Além disso, um revólver, um celular e uma pequena quantidade de maconha também foram encontrados com ele.

Em rondas na mesma região, a polícia localizou os outros três suspeitos, que passaram pela viatura em uma carro branco, em alta velocidade. Com eles, foram encontrados mais um revólver. Os policiais fizeram a verificação do veículo e identificaram que ele era clonado.

Os suspeitos, o material e o veículo foram levados para a delegacia da cidade. Os quatro presos em flagrante estão à disposição da Justiça.

POLÍCIA CIVIL INTERCEPTA TÁXI QUE TRANSPORTAVA ARMAMENTO PARA FACÇÃO CRIMINOSA EM ILHÉUS

Na manhã desta quarta-feira (28), a Polícia Civil foi acionada pelo setor de inteligência da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, informando que um táxi de placa policial PLK03C07, originário de Ilhéus, teria se deslocado para Irecê por ordem da facção Terceiro para transportar entorpecentes com destino a cidade de Ilhéus.

Policiais civis realizaram vigilância na BR 101, sendo o veículo identificado por volta das 22 horas e interceptado na ponte sobre o Rio de Contas, nas cidades de Aurelino Leal e Ubaitaba.

O motorista do táxi foi identificado como Gleidson Rocha dos Santos, ao ser questionado confessou que transportava material ilícito e informou que havia arma de fogo e munições.

No interior do veículo, foi encontrada uma pistola Glock .50 com carregador 13 cartucho .45, 7 blister com munições calibre .40 , 4 blister com muniçẽs calibre 38, 2 caixa de calibre 380, 2 caixas calibre 38 com 100 munições.

POLICIA FEDERAL FAZ OPERAÇÃO CONTRA TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS EM CIDADES DA BAHIA

Operação da PF cumpre mandados de prisão e busca e apreensão em Salvador, Dias D’Ávila, Simões Filho e Barreiras — Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (28) uma operação que visa cumprir seis mandados de prisão e busca e apreensão contra organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas, com ramificações na Bahia.

De acordo com a PF, cinco mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária foram expedidos para os municípios de Salvador, Dias D’Ávila, Simões Filho e Barreiras.

A operação é um desdobramento das prisões e da grande apreensão realizada no último dia 5, em Santo Estêvão, quando quase uma tonelada de cocaína foi encontrada em fundos falsos de três caminhões-tanque, que tinham Salvador como destino.

Ainda de acordo com a PF, a partir da análise do material apreendido naquela oportunidade, e com o aprofundamento das investigações, foi possível constatar o envolvimento de pessoas ligadas à empresa transportadora, proprietária dos caminhões, que a usavam para a prática criminosa.

Os investigados irão responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

ILHÉUS: DESENTENDIMENTO POR VENDA DE TERRENO TERMINA COM TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Na manhã do domingo (25), um desentendimento sobre a venda de um terreno resultou em uma tentativa de homicídio nas imediações do Condomínio Paraíso do Atlântico, zona norte do município de Ilhéus.

A Polícia Militar, por intermédio da 70ª CIPM, foi acionada e chegando ao local prendeu dois indivíduos autores da tentativa de homicídio, que foram contidos por populares.

Segundo o autor dos disparos, a vítima lhe vendeu um terreno que não lhe pertencia, na local do fato.

A vítima foi atingida na face, pescoço e tórax e socorrida para o HRCC pelo SAMU, contudo o estado de saúde da vítima não foi divulgado.

A Polícia Militar não divulgou os nomes dos suspeitos e nem da vítima.

CASO HENRY: VEJA DIFERENÇAS ENTRE O PRIMEIRO DEPOIMENTO DE MONIQUE E A CARTA ESCRITA NA CADEIA

Carta obtida pelo Fantástico deste domingo (25).

Em uma carta obtida pelo Fantástico deste domingo (25), Monique Medeiros disse que mentiu à polícia sobre a morte do filho, Henry Borel, e pediu para prestar um novo depoimento.

Ela também relatou como foram os dias em que Henry foi, segundo a polícia, agredido e morto por Jairinho. A nova versão é diferente do que Monique disse aos investigadores, 10 dias após a morte de Henry.

Veja algumas diferenças:

Agressões de Jairinho a Henry

Em carta, Monique diz que Henry foi agredido — Foto: Reprodução

Em carta, Monique diz que Henry foi agredido — Foto: Reprodução

Em seu depoimento, Monique afirmou “não acreditar que Jairinho tenha feito qualquer coisa contra seu filho. Que a relação entre eles era boa e ele sempre tentava cativar o amor de Henry”;

Na carta, ela relata um episódio de agressão narrado pelo próprio filho.

“Henry veio correndo até a cozinha uns 15 minutos depois que Jairinho chegou, dizendo que o tio tinha dado uma ‘banda’ nele e uma ‘moca’. Fui até a sala perguntar o que tinha acontecido e Jairinho disse que ele era um ‘bobalhão‘, que segurou ele pelos braços brincando e passou a perna, mas que Henry nem caiu, pois ele estava segurando-o, aí Henry disse pra ele que ia contar pra mim e ele deu uma ‘moca’ brincando”.

Medicação

:: LEIA MAIS »

ÍNDICE DE PESSOAS MORTAS PELA POLÍCIA NA BAHIA CRESCE 47% ENTRE 2019 E 2020; NÚMERO DE POLICIAIS MORTOS TAMBÉM SUBIU

Levantamento do Monitor da Violência aponta que, em 2019, Bahia teve 773 pessoas mortas pela polícia, enquanto em 2020 foram 1.137. Já o número de policiais da ativa mortos saiu de oito, em 2019, para 11 em 2020.

O índice de pessoas mortas por policiais da ativa cresceu 47% na Bahia no ano de 2020, em comparação a 2019. Segundo levantamento do Monitor da Violência, divulgado nesta quinta-feira (22), foram 773 pessoas mortas pela polícia em 2019, enquanto em 200 esse número foi para 1.137. Os dados estão relacionados a policiais civis e militares.

Em números absolutos, a Bahia foi o segundo estado do país na quantidade de mortes causadas por policias, em 2020, ficando atrás somente do Rio de Janeiro (1.239 mortes). Com relação ao índice de crescimento deste tipo de ocorrência, o estado baiano ficou em 4º lugar no país, atrás do Mato grosso (83%), Pernambuco (58%) e Tocantins (50%). O índice da Bahia ficou muito acima da média nacional, que registrou uma queda no número de pessoas mortas pela polícia (-3%).

Já em relação ao índice de mortes por policiais a cada mil habitantes, a Bahia ocupa o terceiro lugar no Brasil, com 7,6. Na frente do estado baiano, estão Amapá (12,8) e Sergipe (8,5).

Os dados sobre vitimização e letalidade policial, inéditos, fazem parte de um levantamento exclusivo feito pelo G1 dentro do Monitor da Violência, uma parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Foram solicitados os casos de “confrontos com civis ou lesões não naturais com intencionalidade” envolvendo policiais na ativa. Os pedidos foram feitos para as secretarias da Segurança Pública dos 26 estados e do Distrito Federal por meio da Lei de Acesso à Informação e das assessorias de imprensa. Apenas Goiás se recusou, mais uma vez, a passar as informações.

Morte de policiais

:: LEIA MAIS »

ITABUNA: CORPO DE TAXISTA DESAPERECIDO É ENCONTRADO EM UM MATAGAL

Parentes de Amintas Feitosa de Moura Ferreira não tinham informações do paradeiro dele, desde a manhã de segunda-feira (19). Vítima estava amarrada em uma plantação de cacau.

O corpo do taxista Amintas Feitosa de Moura Ferriera, de 71 anos, que estava desaparecido desde a manhã de segunda-feira (19), na cidade de Itabuna, no sul da Bahia, foi encontrado na tarde desta quarta-feira (21).

Segundo informações da Polícia Civil, o corpo da vítima, que é bastante popular no centro da cidade e atua há mais de 20 anos na região, estava amarrado em uma plantação de cacau, na região de Itajuípe, a poucos metros onde a polícia já tinha encontrado os documentos do taxista.

O corpo de Moura foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), mas só vai passar por necropsia na quinta-feira (22). A polícia trabalha com diversas possibilidades de motivação do crime. A primeira é latrocínio.

Amigos da vítima, que foram até o DPT, afirmam que a vítima também foi amordaçada.

Caso

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia