Retorno foi programado para acontecer com turmas divididas pela metade, por causa do protocolo que respeita 50% da capacidade das salas. Previsão é de que ensino fundamental retome no dia 9 de agosto.

As aulas semipresenciais do ensino médio retornaram na Bahia nesta segunda-feira (26). O retorno foi programado para acontecer com as turmas divididas pela metade, dando seguimento ao protocolo de manter 50% da capacidade das salas de aula.

A decisão foi tomada pela Secretaria Estadual da Educação (SEC) e publicada na última semana, no Diário Oficial. As aulas do ensino fundamental devem retornar em 15 dias, no dia 9 de agosto.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) afirma que os profissionais só retornarão às salas quando a categoria estiver imunizada em duas doses, o que deve acontecer a partir do mês de setembro.

Já governador Rui Costa informou que, quem não retornar às escolas para o ensino híbrido, terá corte salarial dos dias não trabalhados.

Com o impasse entre trabalhadores e o governo do estado, não há detalhes em números de quantas escolas tiveram aulas nesta segunda-feira.