O cenário da pandemia apresentou mudança em relação à taxa de contaminação e de ocupação dos leitos de UTI em Ilhéus. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), comparando a semana passada com a semana compreendida entre os dias 28 de fevereiro e 6 de março de 2021, houve uma queda de 38,3% da taxa de contaminação, além da diminuição de 37,5% do número de pacientes de Ilhéus internados em UTI.

A Sesau atribui o resultado à adoção de medidas rígidas estabelecidas em decretos do Governo da Bahia, com toque de recolher das 18h às 5h, até o dia 1° de abril de 2021; proibição da venda de bebidas alcoólicas durante finais de semana e suspensão do funcionamento de estabelecimentos que geram aglomeração de pessoas.

“Mesmo com a tendência de baixa, é importante que a população continue seguindo estritamente os cuidados para evitar a contaminação. A manutenção desse resultado depende da colaboração de todos, pois se a disseminação da doença acelerar novamente teremos que adotar medidas mais rígidas. Se for necessário sair, use máscara de proteção, álcool em gel e mantenha o distanciamento”, informou Geraldo Magela, titular da Sesau.

Conforme o boletim epidemiológico da última segunda-feira (22), Ilhéus possui 13.599 pacientes curados da Covid-19 e 216 pacientes infectados pela doença, dos quais 27 estão internados em UTI. Dos 81 leitos exclusivos para tratamento do coronavírus, 50 estão ocupados com pacientes oriundos de outros municípios.