Um avião que carregava doses da vacina contra a Covid-19 para a cidade de Ibotirama, no oeste da Bahia, bateu em um jumento que estava na pista do aeródromo do município na manhã desta quarta-feira (3). As informações são do portal G1.

De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), o acidente não causou problemas ao piloto ou aos imunizantes — estes dispostos em quatro caixas. Já a aeronave, da Casa Militar do Governador da Bahia, teve pequenos danos, necessitando do deslocamento de outro avião para que o transporte das vacinas continuasse.

Em razão da logística, haverá atraso na chegada das vacinas às cidades de Barreiras, Guanambi e Santa Maria da Vitória, na região oeste do estado, vizinhas a Ibotirama, segundo a Sesab.

O acidente ocorreu pouco depois do pouso da aeronave na pista, conforme a Secretaria da Segurança Pública (SSP) do estado baiano. Uma equipe da Polícia Militar que foi ao local para auxiliar a ocorrência afirmou que o jumento, ferido, fugiu do local. Não há informações sobre a gravidade dos danos ao animal.

Novo lote de vacinas

A Sesab anunciou que 165.600 doses de vacinas contra a covid-19 chegaram à Bahia na madrugada de hoje, produzidas pelo Instituto Butantan. Segundo a Sesab, o estado totaliza agora 1.111.200 doses recebidas, entre Coronavac e Oxford, desde o dia 18 de janeiro.

O Grupamento Aéreo da Polícia Militar é responsável pela distribuição das vacinas para as centrais regionais no interior da Bahia. A nova remessa será adotada para a primeira fase do plano de vacinação, que inclui idosos e trabalhadores de saúde.

Ainda segundo a Sesab, a Bahia registra 470.783 vacinados contra a covid-19, sendo que, até as 15h de ontem, 124.470 também haviam recebido a segunda dose do imunizante.