Governo diz que 25 mil profissionais estarão atuando diretamente no serviço eleitoral no próximo dia 15 de novembro.

Um esquema de segurança foi montado para garantir o funcionamento dos serviços no dia das eleições, próximo domingo (15). Com cerca de 25 mil homens e mulheres em serviço, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) garantiu que terá o efetivo reforçado nas ruas e nas delegacias, além de instalar um Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) e monitorar a chegada e saída das urnas eleitorais à base do TRE.

De acordo com o órgão, o CICC vai contar também com outras forças da segurança, como representantes do Exército, Polícia Federal e Rodoviária Federal, Guarda Municipal, entre outras. Ao todo, 19 instituições (das esferas municipal, estadual e federal) integrarão o núcleo.

Integrantes do CICC também irão auxiliar o centro de apoio do TRE, em Pirajá, de onde as urnas serão levadas para os locais de votação. Segundo a SSP, câmeras serão instaladas para monitorar as movimentações ao redor do espaço.

“Estamos atentos para garantir o direito de cada cidadão baiano escolher seu representante para os próximos quatro anos. Além da fiscalização para o cumprimento das determinações do TRE, também vamos continuar atuando nas funções ordinárias, bem como para o cumprimento das medidas de prevenção à Covid-19, em apoio à Secretaria da Saúde”, afirmou o titular da SSP, Maurício Barbosa.

A Bahia é o quarto maior colégio eleitoral do Brasil, contando com 10,8 milhões de eleitores nas 417 cidades do estado.