WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘avanço da maré’

ILHÉUS: PREFEITURA COLOCA MAIS PEDRAS PARA CONTER AVANÇO DA MARÉ NA ZONA NORTE

Avanço da maré na zona norte de Ilhéus

A Prefeitura de Ilhéus continua com o trabalho para minimizar os prejuízos decorrentes do avanço do mar nos bairros São Domingos e São Miguel, litoral norte da cidade. As equipes continuam lançando pedras nas áreas mais afetadas para a construção de barreiras de contenção.

Segundo a Administração Municipal, o procedimento controla o impacto das ondas, porém é uma medida paliativa, visto que a intervenção na região possui um custo elevado e requer um estudo mais complexo. No total, serão lançadas 95 caçambas de pedras, divididas de igual maneira para os bairros, a fim de proteger as localidades contra a erosão costeira. :: LEIA MAIS »

ILHÉUS: PREFEITURA AUMENTA O SERVIÇO PARA CONTER O AVANÇO DA MARÉ NA ZONA NORTE

Prefeitura de Ilhéus trabalha na contenção da maré na zona norte

A Prefeitura de Ilhéus reforçou o serviço para conter o avanço da maré que atinge os bairros São Domingos e São Miguel, litoral norte da cidade. Coordenado pela Secretaria de Infraestrutura e Defesa Civil (Seinfra), o trabalho vem sendo desenvolvido há dois meses e consiste na instalação de barreiras de pedras e utilização de bagwall, saco de náilon com areia que funciona como quebra-mar e protege as áreas atingidas pela erosão costeira.

Atento às necessidades da população, o prefeito Mário Alexandre autorizou uma remessa inicial de 15 caçambas, logo em seguida outra remessa de 40, obtendo também duas escavadeiras e pás carregadeiras para fazer o lançamento das pedras na região. Junto à Marinha do Brasil foram doados 130 bags e nesta etapa, o Município utilizou mais 40 caçambas, sendo a última lançada nesta quarta-feira,23. Todas as remessas foram divididas de igual maneira para os bairros.

Devido ao custo elevado da intervenção, o gestor busca recursos junto às esferas estadual e federal, com disponibilização de maquinário para efetivar o trabalho emergencial. Segundo informou a Administração Municipal, a população tem conhecimento de que a medida é paliativa, pois a maré continua elevada.

A Prefeitura enviará ofício ao Ministério do Desenvolvimento Regional e aos deputados federais Bispo Marinho e Paulo Magalhães, visando provocar uma audiência pública para análise de perto da situação na região, que sofre há décadas com os efeitos causados pela erosão marinha.

A gestão assegura que todos os esforços estão sendo envidados para frear a força das ondas e diminuir os desgastes causados na orla. As caçambas de pedras foram lançadas nos locais onde os presidentes das associações de moradores e membros das comunidades definiram como emergenciais.

A Seinfra destacou que foi realizado acompanhamento referente ao lançamento das pedras realocadas da construção da ponte estaiada para os bairros, com controle de dia, horário e placa das caçambas utilizadas no transporte. A Prefeitura decretou situação de emergência nas áreas, além da criação de um comitê deliberativo voltado ao monitoramento e controle do cenário.

O Comitê já realizou duas reuniões, a primeira com a participação de representantes do Executivo, da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) e das localidades (Associação de Moradores do São Domingos e São Miguel, cabaneiros e proprietários de pousadas) e a segunda reunião foi realizada com representantes do Executivo, Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA), Codeba e das localidades assistidas.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia