Dados são de pesquisa do IBGE divulgada na última sexta (10)

Uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada na última sexta-feira (10) aponta que sexo, drogas e transtornos mentais são pontos comuns entre os adolescentes baianos.

No estado, seis em cada dez estudantes de 13 a 17 anos já experimentaram bebida alcoólica alguma vez na vida (60,6% do total). A maioria é do sexo feminino (64,9%) e estudantes da rede privada (61,1%). Dos que provaram álcool, 32,6% fizeram isso antes dos 13 anos.

Já 35% dos estudantes adolescentes do estado fizeram sexo – 40% deles antes dos 13 anos, e também cerca de 40% que afirmaram que não usam camisinha.

Os dados são da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), realizada pelo IBGE em 2019 e divulgada nesta sexta. O levantamento foi feito em 157 escolas públicas e privadas da Bahia, com 5.986 estudantes.