O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou, na noite desta segunda-feira (29), os resultados e dados finais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. No total, foram 5.893.369 inscritos. Desses, 2.795.369 compareceram aos dois dias de prova ou a pelo menos um dia, e 3.029.391 não compareceram a nenhum dia de aplicação.

A prova com a maior média geral foi a redação: 588,74. Ao todo, 28 participantes obtiveram nota máxima (1000) e 87.567 zeraram, sendo redação em branco o motivo com maior percentual (1,12%), seguido de fuga ao tema (0,93%) e cópia do texto motivador (0,46%), em um total de 2.723.583 redações corrigidas.

Entre as provas objetivas, a que teve maior média geral foi a de linguagens, códigos e suas tecnologias, com 523,98. Matemática e suas tecnologias ficou com a média geral em 520, 73, seguida de ciências humanas e suas tecnologias, com 511,64, e ciências da natureza e suas tecnologias, com 490,39.

VEJA ÀS NOTAS

Para ter acesso às notas, os participantes devem utilizar o login único do Governo Federal. Em caso de esquecimento da senha, o sistema permite recuperá-la. Basta inserir o CPF no campo indicado, selecionar avançar e clicar no link “Esqueci minha senha”. Acesse a página aqui a pagina do participante.

O sistema, então, apresentará diversas formas para recuperar a conta (validação facial, bancos credenciados, internet banking, e-mail e celular). Após a escolha de uma das opções, o participante receberá o código de verificação e, em seguida, pode gerar uma nova senha.

O resultado do Enem 2020 para fins exclusivos de autoavaliação de conhecimentos do participante treineiro será divulgado no dia 28 de maio de 2021, na Página do Participante e no aplicativo do exame. Na mesma data, o Inep publicará os espelhos das redações no sistema e cada um poderá acessar a sua.

É importante ressaltar que, para o cálculo das notas de cada área, o Inep adota a Teoria de Resposta ao Item (TRI), um conjunto de modelos matemáticos que permite a comparabilidade entre as edições do exame. Já as redações são corrigidas uma a uma, por pelo menos dois corretores.