Agência reguladora foi aprovada para participar da iniciativa internacional Esquema de Cooperação em Inspeção Farmacêutica.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ganhou na última segunda-feira (30) um selo internacional que pode facilitar a certificação de uma vacina contra a Covid-19.

A agência reguladora foi aprovada para participar do Esquema de Cooperação em Inspeção Farmacêutica (PIC/S), iniciativa internacional que reconhece excelência em Boas Práticas de Fabricação (BPF) de medicamentos e insumos farmacêuticos de uso humano.

Por meio desta certificação, o processo de homologação de uma vacina reconhecida pela Anvisa fica facilitado em outros países, o que beneficiará o Brasil –– afinal, se trata de uma via de mão dupla, caso a vacina seja registrada primeiro por outro país do grupo.Cinquenta e três outras agências, de vários países, fazem parte do PIC/S.

Outros benefícios desta certificação são: a realização de tratados bilaterais e multilaterais entre agências reguladoras; medicamentos mais competitivos, uma vez que são supervisionados por uma autoridade sanitária com critérios considerados de altíssima qualidade; desburocratização das exportações, o que aumenta o acesso a outros mercados.