O projeto Natal Encantado, que foi sucesso no ano passado, promete impulsionar as vendas de final de ano do comércio atacadista e varejista de Ilhéus e atrair visitantes para o novo ponto turístico montado no centro da cidade, mesmo com a pandemia. Durante reunião realizada na tarde de quarta-feira (11), o prefeito Mário Alexandre destacou o diálogo permanente com as entidades ligadas aos setores produtivos do município para convergir os planos e avaliar propostas voltadas a cada atividade.

Na ocasião, o prefeito discutiu a nova edição do Natal Encantado com representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial e Industrial de Ilhéus (ACII) e do Sindicato do Comércio Varejista de Ilhéus (Sicomércio). A campanha incrementa o trabalho realizado pela gestão municipal durante os dois primeiros anos através do projeto Natal da Alegria, com cantatas e ornamentação do centro da cidade.

A decoração deste ano segue na Praça Dom Eduardo, conhecida como Praça da Catedral, com presépio, iluminação, árvores, sinos e enfeites natalinos. “No primeiro momento me comprometi em salvar vidas e agora através da parceria com as entidades, a Prefeitura encabeça essa proposta, fundamental para a retomada do desenvolvimento econômico, para levantar a autoestima da população e gerar emprego e renda”, ressaltou Mário Alexandre.

Líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Rosemberg Pinto também esteve presente na reunião e frisou a parceria da gestão com o setor. “Esse relacionamento é fundamental para que possamos trabalhar o desenvolvimento da cidade e da região”. A iniciativa ornamenta o centro comercial, visando atrair famílias e visitantes em uma época festiva importante para os lojistas.

“Essa reunião evidencia a parceria firmada com a gestão pública para estimular o comércio interno e potencializar o turismo da nossa cidade”, enfatizou Anselmo Clement, presidente da CDL. Segundo informou a entidade, serão montadas duas ilhas com seis metros cada, ao lado e na frente da Catedral São Sebastião. A diretoria explicou que devido às normas e aos protocolos de prevenção à Covid-19, os visitantes poderão tirar fotos apenas do ambiente, sem a presença física do Papai Noel.

A previsão é que a estrutura seja montada entre meados do mês de dezembro e permaneça até a primeira semana de janeiro de 2021.