WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

novembro 2021
D S T Q Q S S
« out    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  






:: ‘Brasil’

SEGUNDA PARCELA DO 13º DO INSS COMEÇA A SER PAGA NESTA QUINTA (24)

 

Começa no próximo dia 24 o pagamento da segunda parcela do 13º salário do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os depósitos ocorrerão até 5 de julho. As datas são distribuídas conforme o dígito final do benefício, começando pelos segurados de final 1 e terminando nos de final 0.

As datas valem para quem recebe aposentadorias, auxílios e pensões de até um salário mínimo. Para quem ganha acima do mínimo, o calendário é diferente. A primeira parcela foi paga entre 1º e 8 de junho; e a segunda será paga de 1º a 7 de julho. Começam a receber os segurados de final 1 e 6, passando para 2 e 7 no dia seguinte e terminando nos finais 9 e 0.

MINISTÉRIO DA SAÚDE ANUNCIA ANTECIPAÇÃO DE 7 MILHÕES DE DOSES DA PFIZER PARA JULHO

Segundo o ministro, o Brasil receberá, no total, 15 milhões de doses da Pfizer no próximo mês.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou a antecipação de 7 milhões de doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 para o mês de julho. Segundo o ministro, o Brasil receberá, no total, 15 milhões de doses da Pfizer no próximo mês.

“Conseguimos hoje uma resposta da Pfizer atendendo a solicitação do presidente da República de uma antecipação de 7 milhões de doses da Pfizer para o mês de julho. Então, receberíamos 8 milhões de doses no mês de julho e vamos receber 15 milhões de doses da vacina Pfizer no mês de julho, o que contribuirá para acelerar a campanha de vacinação”, disse Queiroga. A declaração foi feita a jornalistas, em Brasília, na noite de hoje.

O presidente Bolsonaro e outras autoridades reuniram-se na última segunda-feira (14) em audiência virtual com o presidente da Pfizer da América Latina, Carlos Murillo, para tratar da possibilidade de antecipação de doses da vacina para o país.

O encontro ocorreu em meio às discussões da CPI da Covid do Senado que investiga, entre outros assuntos, a falta de respostas a 81 e-mails enviados pela farmacêutica americana ao governo brasileiro para tratar de vacinas contra o coronavírus. O primeiro teria sido em 17 de março de 2020, no início da pandemia.

O governo brasileiro fechou em março um contrato para a aquisição de 100 milhões de doses do imunizante da Pfizer, a serem entregues até o final de setembro. A última estimativa do Ministério da Saúde dizia que a farmacêutica deveria entregar neste mês 12 milhões de doses e mais 8 milhões em julho. :: LEIA MAIS »

BAIANO ACUSADO DE ASSASSINATOS NO DF É ATINGIDO, MAS FOGE DE CERCO DA POLÍCIA

Lázaro Barbosa tem 33 anos e é suspeito de matar a família Vidal Marques, em Ceilândia.

O baiano acusado de ser o autor da chacina de Ceilândia, no Distrito Federal, continua em liberdade. A Polícia Militar tentou um cerco ao criminoso, mas ele furiu, embora tenha sido ferido por um caseiro da chácara que invadiu na noite da última segunda-feira (14). Lázaro Barbosa tem 33 anos e nasceu na cidade de Barra do Mendes, no centro-norte da Bahia. Ele é suspeito de assassinar a tiros e facadas a família Vidal Marques. As vítimas foram o pai e a mãe (Cláudio e Cleonice) e os filhos (Carlos Eduardo e Gustavo).

A operação para capturar aquele que já está sendo chamado de ‘serial killer de Brasília’ possui mais de 200 homens. Segundo o comando da operação, toda a região de chácaras da cidade de Edilândia está cercada. Entre sexta e sábado, Lázaro baleou três homens e ateou fogo em outra chácara. Em Barra do Mendes, ele já havia cometido outros dois assassinatos.

GÁS DE COZINHA TEM AUMENTO DE QUASE 6%

Com o aumento, o preço do gás de cozinha da Petrobras passa para R$ 3,40 o quilo

O preço médio do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), ou gás de cozinha, da Petrobras tem aumento de 5,9% a partir de hoje. Com isso, passa para R$ 3,40 o quilo, segundo a companhia. Esse é o 15º aumento seguido. Na segunda semana de junho, o preço médio do botijão de 13 quilos chegava a R$ 103,34.

O reajuste vale para as refinarias. Distribuidoras e revendedores, no entanto, têm liberdade para definir se e como vão repassar o aumento ao consumidor final.

De acordo com a Petrobras, o aumento segue o mercado internacional e acompanha as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo.

Veja o preço médio do gás de cozinha nas capitais.

:: LEIA MAIS »

VACINA DA NOVAVAX TEM EFICÁCIA DE 90% CONTRA COVID-19, APONTA ESTUDO PRELIMINAR

Eficácia contra casos moderados e graves foi de 100%; pesquisa foi feita nos Estados Unidos e no México e ainda não está publicada em revista científica.

Novavax divulgou, nesta segunda-feira (14), dados preliminares que apontam uma eficácia geral de 90% em sua vacina contra a Covid-19, e de 100% contra casos moderados e graves da doença. Os resultados ainda não foram publicados em revista científica.

A empresa não esclareceu se os 90% de eficácia geral incluíam casos assintomáticos da doença ou apenas casos leves.

Veja principais pontos do estudo:

  • Os índices se referem a um estudo de fase 3, o “Prevent-19”, feito com 29.960 pessoas nos Estados Unidos e no México.
  • A cada 2 participantes que receberam a vacina, 1 recebia um placebo (substância inativa).
  • Houve 77 casos de Covid-19 entre os participantes; 63 estavam no grupo placebo (que não recebeu a vacina) e 14 no grupo da vacina. Todos os casos observados no grupo da vacina foram leves.
  • Foram observados 10 casos moderados e 4 casos graves, todos no grupo placebo, resultando em uma eficácia da vacina de 100% contra doença moderada ou grave.

:: LEIA MAIS »

BOLSONARO DIZ QUE QUEIROGA FARÁ PARECER PARA DESOBRIGAR MÁSCARA EM VACINADO

Afirmação foi feita em soleniade no Palácio do Planalto, quando presidente insistiu em remédios sem eficácia contra Covid-19

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deve publicar um parecer para desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que já foram vacinados ou contraíram a covid-19 e se recuperaram, contrariando as recomendações de autoridades sanitárias do mundo todo.

“Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é, e ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que foram vacinados ou que já foram contaminados. Para tirar esse símbolo, que obviamente tem a sua utilidade para quem está infectado”, disse Bolsonaro em evento em Brasília, sendo respondido com aplausos da plateia

ANVISA APROVA USO DE VACINA CONTRA COVID-19 DA PFIZER EM CRIANÇAS MAIORES DE 12 ANOS

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a indicação da vacina Comirnaty, da Pfizer, para crianças com 12 anos de idade ou mais. Com isso, a bula da vacina passará a indicar essa nova faixa etária para o Brasil.

De acordo com a agência, a ampliação foi aprovada após a apresentação de estudos desenvolvidos pelo laboratório que indicaram a segurança e eficácia da vacina para esse grupo. Os estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela Anvisa.

Antes, a vacina Comirnaty estava autorizada para pessoas com 16 anos de idade ou mais. Até o momento, esta é a única entre as vacinas autorizadas no Brasil com indicação para menores de 18 anos.

A vacina da Pfizer foi a primeira a receber o registro definitivo para vacinas contra covid-19 no Brasil.

ANVISA AUTORIZA TESTES DA BUTANVAC, VACINA DO BUTANTAN CONTRA COVID-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu nesta quarta-feira (9) a autorização para a pesquisa da Butanvac, vacina contra a Covid-19 que está sendo desenvolvida pelo Instituto Butantan.

“Esta será a primeira vez que a Butanvac será aplicada em humanos e por isso serão conduzidas as fases clínicas 1 e 2. Para a autorização do estudo clínico a Anvisa e Butantan realizaram ao longo dos últimos dois meses uma intensa troca de informações e de reuniões com objetivo de que todos aspectos do estudo estivessem claros e com garantias de segurança aos voluntários”, informou a Anvisa, em nota.

De acordo com a agência, o estudo das fases 1 e 2 serão divididos em três partes. “Neste momento, está autorizada a etapa A do estudo que vai envolver 400 voluntários. Ao todo, a fase clínica 1 e 2 tem previsão de 6 mil voluntários com 18 anos ou mais”, explicou o órgão.

O estudo deve ser realizado no Hospital das Clínicas da USP (FMUSP) e no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Segundo a Anvisa, o imunizante será aplicado com duas doses num intervalo de 28 dias.

GOVERNO PREVÊ PRORROGAR AUXILIO EMERGENCIAL POR DOIS MESES ANTES DE NOVO BOLSA FAMILIA

A ajuda voltada aos mais vulneráveis durante a pandemia continua com o mesmo valore de R$ 150 a R$ 375.

O governo deve prorrogar o auxílio emergencial por mais dois meses. Assim, a ajuda voltada aos mais vulneráveis durante a pandemia de covid-19 será estendida até setembro, nos mesmos valores de R$ 150 a R$ 375 e com igual alcance em termos de público. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo e Folha de S.Paulo. A prorrogação deve ocorrer por medida provisória.

Para financiar a prorrogação, a equipe econômica deve abrir um crédito extraordinário de aproximadamente R$ 12 bilhões.

O valor vai reforçar os cerca de R$ 7 bilhões que ainda estão disponíveis dentro dos R$ 44 bilhões do teto de gastos já destinados ao programa e que não foram usados porque o número de famílias na nova rodada ficou abaixo do inicialmente projetado.

O substituto do Bolsa Família deve ser implementado até dezembro de 2021, ou acabará engavetado, pois a lei veda a adoção desse tipo de medida em ano de eleições.

BRASIL É 2.º PAÍS COM MAIS MORTES DE CRIANÇAS POR COVID-19, MOSTRA LEVANTAMENTO

O Brasil é o segundo país em número de mortes de crianças zero a nove anos em decorrência da Covid-19. Levantamento do Estadão junto ao Sistema de Informação de Vigilância da Gripe (Sivep-Gripe) mostra que o país registrou, até meados de maio, 948 crianças dessa faixa etária mortas pela infecção.  O Brasil fica atrás apenas do Peru, ao comparar 11 países.

O levantamento considerou países que registraram pelo menos mil mortes por milhão de habitantes e que possuem mais de 20 milhões de habitantes.

A reportagem identificou que a incidência no Brasil é de 32 mortes por Covid-19 a cada um milhão de crianças de zero a nove anos existentes no país. No Peru, país que lidera o ranking, a incidência foi de 41 por milhão. As vizinhas Argentina e Colômbia tiveram 12 e 13 mortes por milhão, respectivamente.

Polônia e Ucrânia, que entrariam na lista, foram excluídas pela ausência de dados.

A matéria destaca que nos países europeus, o cenário foi diferente. O Reino Unido e a França registraram apenas quatro mortes de crianças de zero a nove anos, o que dá uma taxa de 0,5 morte por milhão em cada um dos países. No continente, o maior número foi registrado na Espanha. Lá, a cada um milhão de crianças, três morreram por covid — um décimo do índice brasileiro.

vida 1000 saude



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia