WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

novembro 2021
D S T Q Q S S
« out    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  






:: ‘Brasil’

MINISTÉRIO DA SAÚDE ANUNCIA VACINAÇÃO DE PORTUÁRIOS E AEROVIÁRIOS

Doses serão distribuídas aos estados ainda hoje.

O Ministério da Saúde anunciou, hoje (25), o início da vacinação de trabalhadores de portos e aeroportos. Na noite de hoje começarão a ser distribuídas aos estados doses para a imunização desse público, que abrange pouco mais de 200 mil pessoas.

Segundo a pasta, as doses serão suficientes para atender 100% dos portuários e 78% dos trabalhadores em aeroportos.

De acordo com o Ministério da Saúde, a medida foi tomada diante do cenário de circulação de uma nova variante, denominada de indiana, em menção ao país onde surgiu, cujo nome técnico é B.1.671.2.

No país, a variante foi identificada inicialmente no Maranhão, com casos suspeitos em outros estados sob análise. Uma pessoa infectada com a variante indiana está internada em São Luís em estado grave.

SENADO APROVA LEI DE INCENTIVO AO PRIMEIRO EMPREGO

Projeto prevê redução de tributos no primeiro ano de contratação.

O Senado aprovou hoje (25) um projeto de lei (PL) que incentiva as empresas na contratação de jovens de 16 a 29 anos sem experiência no mercado de trabalho. O projeto prevê, a título de incentivo às empresas, a redução do INSS patronal de 20% para até 1%, e da alíquota do FGTS de 8% para 1% no primeiro ano de contratação. O projeto segue para a Câmara.

Para o autor do projeto, senador Irajá (PSD-TO), a regra vem tratar os desiguais de forma diferente. “[Esses jovens] não possuem experiência profissional e exatamente por essa razão que as oportunidades minguam. E o papel do estado brasileiro é conduzir os desiguais a um tratamento especial que estimule o mercado de trabalho a dar oportunidade para esses jovens”, disse Irajá. “A empresa tem como contrapartida nesse primeiro ano de emprego capacitar e qualificar o jovem e isso requer investimento, é importante que isso fique claro. É apenas um ano em que o jovem poderá ser contemplado por uma série de esforços de empresas, do governo e dele próprio”.

A ideia do projeto é submeter os jovens e as empresas a um contrato mais simplificado, menos oneroso para a empresa, e que garanta uma remuneração ao jovem e, uma experiência de trabalho. Os jovens contemplados pelo projeto devem estar matriculados em cursos superior ou profissionalizante.

Mas o relator, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) incluiu no projeto as pessoas que não estão nem trabalhando, nem estudando, a chamada “geração nem-nem”. “Trata-se de grupo que deve estar na base de toda atuação do Poder público, dadas suas características difíceis e do desamparo social que o acompanham”, disse o relator.

Os contratos previstos no projeto só poderão ser firmados em até 5 anos após a publicação da lei, caso seja aprovada também na Câmara. O projeto, que se chamava “Lei do Primeiro Emprego” mudou de nome. Agora, se chama “Lei Bruno Covas”, em homenagem ao prefeito de São Paulo, falecido em 16 de maio vítima de câncer.

 

INSUMOS PARA PRODUÇÃO DA CORONAVAC CHEGAM AO BRASIL NESTA TERÇA (25)

O avião com cerca de três mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) para a produção da Coronavac chega ao Brasil nesta terça-feira (25). Ele vai pousar no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, vindo de Pequim, na China.

Esse novo lote vai permitir que o Instituto Butantan retome a produção de vacinas, suspensa desde o último dia 14. Segundo a CNN Brasil, a expectativa do instituto paulista é de produzir mais cinco milhões de doses do imunizante para serem entregues ao Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A publicação lembra que, até o final de dezembro, a nova fábrica do Butantan deverá ser finalizada. Isso vai possibilitar a produção integral de doses da Coronavac em território nacional a partir de dezembro deste ano, sem necessidade de importação da matéria-prima.

FIOCRUZ RETOMA PRODUÇÃO DE VACINAS CONTRA A COVID-19 NESTA TERÇA-FEIRA

Remessa de IFA que chegou no sábado dá para fabricar 12 milhões de doses. O Butantan, que está com a produção da CoronaVac paralisada desde o dia 14, deve receber nesta terça 3 mil litros de insumo nesta terça.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) retoma nesta terça-feira (25) a produção da vacina Oxford/AstraZeneca. A fabricação tinha sido interrompida por falta do ingrediente farmacêutico ativo (IFA).

Uma nova remessa da matéria-prima da China chegou no sábado (22), à cidade. Quantidade suficiente para a produção de 12 milhões de doses. Isso significa que a produção da vacina está garantida até a terceira semana de junho.

O Instituto Butantan, que está com a produção da CoronaVac paralisada desde 14 de maio, deve receber nesta terça-feira (25) 3 mil litros de insumo, suficientes para produzir 5 milhões de doses do imunizante.

A AstraZeneca e a CoronaVac são as duas únicas vacinas do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, produzidas no Brasil. A vacina da Pfizer é importada dos Estados Unidos.

Produção Fiocruz

Atualmente, a capacidade de produção da fundação atinge cerca de 1 milhão de doses por dia.

“O cronograma de entregas permanece semanal, sempre às sextas-feiras, conforme pactuado com o Ministério da Saúde, seguindo a logística de distribuição definida pela pasta”.

13º DO INSS COMEÇA A SER DEPOSITADO HOJE

Datas estão sendo informadas no aplicativo Meu INSS

Antecipada para maio por causa da pandemia de covid-19, a primeira parcela do 13º do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a ser paga hoje (25). Os depósitos ocorrerão até 8 de junho.

A segunda parcela do 13º será paga entre 24 de junho e 5 de julho. As datas são distribuídas conforme o dígito final do benefício, começando pelos segurados de final 1 e terminando nos de final 0.

Essas datas valem para quem recebe aposentadorias, auxílios e pensões de até um salário mínimo. Para quem ganha acima do mínimo, o calendário é um pouco diferente. A primeira parcela será paga de 1º a 8 de junho; e a segunda, de 1º a 7 de julho. Começam a receber os segurados de final 1 e 6, passando para 2 e 7 no dia seguinte e terminando nos finais 9 e 0.

As datas estão sendo informadas no site e no aplicativo Meu INSS. A primeira parcela do 13º é isenta de Imposto de Renda e equivale à metade do benefício mensal bruto pago pelo INSS. O imposto só é cobrado na segunda parcela. :: LEIA MAIS »

CERCA DE 320 MIL PARTICIPAM DE CONCURSO PÚBLICO PARA A POLÍCIA FEDERAL

Certame é realizado pelo Cebraspe.

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) realiza hoje (23) concurso público para os cargos de delegado, agente, escrivão e papiloscopista da Polícia Federal. As provas escritas serão realizadas em todo o país para o preenchimento de 1,5 mil vagas. Cerca de 320 mil pessoas estão inscritas para o certame.

Os candidatos aprovados nessa primeira fase ainda deverão passar por exames de aptidão física e mental para serem aprovados. Quem passar na seleção escrita para o cargo de delegado ainda precisará realizar prova oral e de avaliação de títulos para entrar na corporação.

O salário inicial para o cargo de delegado é de R$ 23,6 mil. Para os demais cargos, o vencimento no começo da carreira é de R$ 12,5 mil. Os aprovados deverão ser lotados, preferencialmente, nos estados localizados em regiões de fronteira, como Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Roraima. :: LEIA MAIS »

COVID-19 MATA UM JORNALISTA POR DIA NO BRASIL

No ano passado, no recorte para profissionais da imprensa, a média mensal de mortes foi de 8,3.

Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 20, pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) mostra que, na média, ao menos um comunicador do país não tem resistido à luta contra a Covid-19. Os dados são referentes ao primeiro quadrimestre deste ano.

De acordo com números revelados agora, de 1º de janeiro a 30 de abril e 2021, 124 jornalistas morreram em decorrência da Covid-19 no país. Na média, 31 óbitos por mês. Registros que mostram crescimento no comparativo com 2020. No ano passado, no recorte para profissionais da imprensa, a média mensal de mortes foi de 8,3.

Com a aceleração de vítimas no primeiro quadrimestre, a Fenaj contabiliza 213 jornalistas mortos no Brasil por causa do novo coronavírus. No geral, o país contabiliza mais de 441 mil mortes em decorrência da doença viral — ficando somente atrás dos Estados Unidos no total absoluto de óbitos.

Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (Sinjorba), entidade associada à Fenaj, Moacy Neves alerta para a possibilidade de subnotificações. “A pesquisa está em andamento, inclusive coletando e apurando dados anteriores e todos os dias incluímos novas informações ao dossiê”. Na Bahia, a entidade mostra que mais de 350 jornalistas contraíram a doença desde o início da chegada da pandemia no país.

LULA CONFIRMA QUE VAI CONCORRER À PRESIDÊNCIA EM 2022 ” SEREI O CANDIDADO CONTRA O BOLSONARO”

Petista assume abertamente projeto de tentar derrotar o bolsonarismo nas urnas em 2022.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou que será candidato à presidência da República em 2022. A informação foi trazida pela coluna Radar, da revista Veja, nesta quinta-feira (20).

A confirmação foi feita em entrevista a um site da França, Lula assumiu textualmente que será candidato ao Planalto para derrotar Jair Bolsonaro.

“Serei candidato contra Bolsonaro”, disse Lula. A possibilidade já vinha sendo especulada desde o mês de março, quando o Supremo Tribunal Federal

13º SALÁRIO DO INSS COMEÇA A SER DEPOSITADO DIA 25 DE MAIO

Pagamentos são para aposentados e pensionistas.

Antecipada para maio por causa da pandemia de covid-19, a primeira parcela do décimo terceiro do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) começará a ser paga no próximo dia 25. Os depósitos ocorrerão até 8 de junho.

A segunda parcela do décimo terceiro será paga entre 24 de junho e 5 de julho. As datas são distribuídas conforme o dígito final do benefício, começando nos segurados de final 1 e terminando nos segurados de final 0.

Tais datas valem para quem recebe aposentadorias, auxílios e pensões de até um salário mínimo. Para quem ganha acima do mínimo, o calendário é um pouco diferente. A primeira parcela será paga de 1º a 8 de junho; e a segunda, de 1º a 7 de julho. Começam a receber os segurados de final 1 e 6, passando para 2 e 7 no dia seguinte e terminando nos finais 9 e 0.

As datas estão sendo informadas no site e no aplicativo Meu INSS. A primeira parcela do décimo terceiro é isenta de Imposto de Renda e equivale à metade do benefício mensal bruto pago pelo INSS. O imposto só é cobrado na segunda parcela.

A tributação varia conforme a idade. O segurado de até 64 anos paga Imposto de Renda caso receba acima de R$ 1.903,98. De 65 anos em diante, a tributação só é cobrada se o benefício for superior a R$ 3.807,96.

O decreto com a antecipação do décimo terceiro para aposentados e pensionistas foi publicado em 4 de maio. Segundo o Ministério da Economia, a medida deve injetar cerca R$ 52,7 bilhões na economia do país e não terá impacto orçamentário, por tratar-se apenas de mudança de data de pagamento.

DATAFOLHA: 49% APOIAM IMPEACHMENT DE BOLSONARO, E 46% SE DIZEM CONTRÁRIOS

 A parcela da população que apoia o impeachment aparece pela primeira vez na pesquisa numericamente à frente dos contrários ao afastamento.

O Instituto Datafolha divulgou uma pesquisa em que pergunta se o Congresso Nacional deveria ou não abrir um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. A parcela da população que apoia o impeachment aparece pela primeira vez numericamente à frente dos contrários ao afastamento. Os índices representam um empate técnico dentro da margem de erro, que é de dois pontos, para mais ou para menos.

No fim de abril de 2020, 48% responderam que o Congresso não deveria abrir um processo para afastar o presidente. Em maio, 50%; em janeiro deste ano, 53%; em março, 50%; e agora, 46%.

Na primeira pesquisa, 45% disseram que o Congresso deveria abrir um processo de impeachment contra Bolsonaro. Em maio, 46%; em janeiro, 42%; em março, 46%; e agora, 49%. Seis por cento não sabiam; depois, 4%; 4%; 3%; e agora, 4%.

O Datafolha ouviu, de maneira presencial, 2.071 pessoas, nos dias 10 e 11 de maio.

vida 1000 saude



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia