WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



prefeitura ilheus


(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: 29/out/2021 . 16:56

ILHÉUS EM FLOR:FEIRA DE FLORES DE HOLAMBRA JÁ COMEÇOU

Com o retorno de eventos e a chegada da primavera, a Ilhéus em Flor volta a acontecer em Ilhéus em sua 9ª edição com o apoio da Prefeitura Municipal de Ilhéus e da Maramata, na Avenida Soares Lopes, na rotatória em frente a Catedral, movimentando e colorindo o centro da cidade com a exposição e comercialização das Flores de Holambra. De 28 de outubro a 7 de novembro, a feira vai trazer mais de cem espécies de plantas e flores exóticas, aberta ao público e com acesso gratuito.

“Apoiamos essa iniciativa que é um ótimo atrativo para o nosso turismo regional e opção de lazer, atraindo pessoas da cidade, visitantes e turistas, principalmente porque acontece na alta estação”, destacou o prefeito Mário Alexandre.

De acordo com o organizador Michel Mendonça, esse é um evento que já virou tradição na agenda do município de Ilhéus. “Crianças de 4 a 7 anos, serão também nossos visitantes, por meio do contato com as escolas para que o público infantil tenha contato com a beleza das plantas e flores”, disse.

INICIATIVA INÉDITA NO BRASIL DEFINE PARTICIPAÇÃO DE MINIPÚBLICO NO DEBATE DA CÂMARA SOBRE A AVENIDA SOARES LOPES

 

Uma iniciativa inédita no Brasil abriu hoje a nona audiência pública que debate o futuro da avenida Soares Lopes, um dos principais cartões postais de Ilhéus. O Coletivo Delibera Brasil, uma organização que trabalha com uma forma democrática de atuação nas decisões de pautas políticas do país, de comunidades, cidades e bairros, fez, ao vivo, o sorteio de 36 nomes de cidadãos e cidadãs de Ilhéus, que passarão a formar o minipúblico que opinará com propostas o olhar de toda a cidade sobre a orla central de Ilhéus.

“O momento é histórico por que é primeira experiência do minipúblico com o poder público no Brasil”, destaca a representante do Delibera Brasil, Carolina Nascimento. Mil cartas, cerca de 43 em cada bairro, foram enviadas pelos Correios e 129 pessoas que demonstraram interesse, responderam à iniciativa. O sorteio online de hoje selecionou 36 destas pessoas, garantindo critérios de diversidade do bairro, idade, gênero e escolaridade, que farão parte do minipúblico. As primeiras escutas ocorrerão nos dias 20, 27 e 28 de novembro, no auditório da APPI/APLB, no Malhado.

Educação

A temática de audiência de hoje – a nona realizada pela Comissão da Avenida na Câmara – foi Educação. Presidente do Conselho Municipal de Educação, professor Osman Nogueira lembra que debater a Soares Lopes deva ser um compromisso de toda a sociedade. “A área sofreu grandes transformações. Hoje é espaço feio, pra o tempo que vivi e olho hoje, um espaço de mato, pouco aproveitado”, lamentou. Para o líder sindical, é preciso oferecer espaço de lazer e cultura, “porque quando se fala nestes temas a gente chega à educação”, justifica. Osman destaca que é preciso dar um direcionamento, pois a avenida Soares Lopes não pode ser um local sem lei.
Presidente da Comissão da Avenida, o vereador Vinícius Alcântara (PV) explica que a ideia destas audiências é construir uma ampla escuta com sociedade civil, instituições, iniciativa privada, poder público, para gerar um relatório final contendo as contribuições que inspirem o poder executivo a executar um projeto na praia da avenida.

Transitável e limpa

Professor de uma escola particular instalada na artéria, Sebastião Maciel diz que a culpa da situação da avenida “é de todo mundo”. Para ela, a avenida precisa voltar a ser transitável, limpa e fiscalizada, especialmente pela sociedade, que cuide dela como um cartão-postal. “Uma turista me perguntou por onde vai à praia da avenida? Respondi: não aconselho a senhora ir. A avenida se tornou espaço comercial mas em determinados momentos há espaços que não devem ser transitados”, lamentou.}

Dono de uma escola de inglês, José Moraes, defende categoricamente que a avenida tenha que ser um local público. E não privado como se desenha hoje. “O que é preciso é começar a fazer primeiro, coisas simples. Ideias mirabolantes não funcionam”, opina. Dirigente da APPI, a professora Maria das Graças lembra que há uma quantidade significativa de escolas públicas e privadas no entorno e há de ser pensados para a avenida, espaços que possam ser ocupados pelos estudantes, tanto como opção de lazer, quanto de apoio às práticas educacionais.

“No processo de urbanização é preciso oferecer áreas de lazer, expandir uma experiência que tá dando certo que acontece em frente à praça da Irene. Temos alí um movimento alimentício e de lazer durante os finais de semana e isso precisa ser levado para toda a extensão da Avenida Soares Lopes”, destaca Iltana de Oliveira, professora da área de Gestão Ambiental de uma universidade particular. “É importante construir uma coisa que quando a gente passe se sinta pertencente àquele lugar”, reforça o professor Leandro de Assis, docente da disciplina de Planejamento Urbano do IFBa.

Para a vereadora Enilda Mendonça (PT), membro da comissão, em todas as audiências sempre há uma unanimidade: o sentido da convergência. “A avenida é um espaço onde a população se encontra, seja para trabalhar, se alimentar ou se divertir. O que nós queremos é discutir, por que não somos executores. Nosso movimento é de escutar a sociedade, democratizar o debate e sair desta missão com um relatório que represente o posicionamento da população sobre o que deve ser feito com este espaço”, finalizou.

15 MILHÕES: GURITA AFIRMA QUE NEM TODOS OS VEREADORES FORAM CHAMADOS PARA ASSINAR O PEDIDO DE INVESTIGAÇÃO

Radialista Adilson Neves e vereador Prof. Gurita

 

O radialista Adilson Neves recebeu na última quarta-feira (27), o vereador Gurita, no Programa na Boca do Povo, na Rádio Bahiana de Ilhéus Am 1310. O principal assunto da entrevista foi a Comissão Especial de Inquérito (CEI), que foi formada para investigar um acordo feito entre a Prefeitura e as duas empresas concessionárias do serviço público de Transporte, que concede uma ajuda de 15 milhões de reais à Viametro e São Miguel, sob a justificativa de prejuízos causados às empresas durante a pandemia.

Durante o bate papo, o vereador afirmou que nem todos os vereadores foram convidados para assinar o requerimento pedindo a abertura da CEI, sofrendo assim ele e os demais colegas retaliações na internet. “Se tivessem me chamado eu teria assinado […] Foi oportunismo de quem organizou isso”, disse Gurita se referindo ao G7. Falando diretamente do vereador Tandick, responsável pela denúncia, Gurita falou que antes Tandick sempre votava a favor do prefeito, mas foi contrariado ao ter um projeto de Lei seu vetado e deu “chilique e ficou nervosinho. E aí fez aquele movimento todo querendo colocar todo mundo como desonesto, malandro, uma coisa extremamente maluca porque um interesse dele foi contrariado”, explicou o vereador.

Veja a entrevista completa! (clique aqui)

A comissão de investigação foi composta na última terça-feira durante a 63ª sessão, obedeceu a indicações dos líderes do bloco da maioria e da minoria, intimados pela presidência, que anunciaram a relação dos vereadores membros atendendo ao princípio da proporcionalidade. Os vereadores Alzimário Belmonte, o Gurita, e Fabrício Nascimento, representam o bloco da maioria. Cláudio Magalhães é a indicação do bloco da minoria. Ficando da seguinte forma:  Fabrício Nascimento (presidente), Alzimário Belmonte, o Gurita (relator) e Cláudio Magalhães (membro).

Devido à participação na CEI, como relator, o verador Gurita vai se afastar do cargo de Líder do Governo, já que estará participando da investigação.

 

 

 

CLÁUDIO MAGALHÃES DEFENDE QUE ACORDO ENTRE PREFEITURA DE ILHÉUS E EMPRESAS DE ÔNIBUS SEJA DESFEITO

Na tarde desta terça-feira (26), o plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus aprovou, por unanimidade, a abertura da Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar o acordo entre a prefeitura municipal e concessionárias de ônibus, no qual definiu um repasse de R$ 15 milhões para a Viametro e São Miguel. Essas empresas alegaram judicialmente perdas financeiras na pandemia e requereram subsídios, segundo suas argumentações, resguardadas em contrato de concessão pública.

Durante sessão, o vereador Cláudio Magalhães (PCdoB), que se tornou membro da CEI, disse durante o pequeno expediente que não é possível um contrato de concessão do município, denunciado na casa legislativa, lese os ilheenses e fique sem uma resposta. “Creio que essa comissão tem toda a condição, primeiro da gente revogar esse acordo vergonhoso, segundo afastar o procurador do município que não cumpriu seu papel de defender o município. Também precisamos, de imediato, buscar uma lei para regulamentar o serviço do transporte público da cidade”, disparou.

“Há muito tempo eu venho dizendo que nós precisamos dar posse ao conselho de transporte do município de Ilhéus, chega agora na nossa casa para responsabilidade de discutir isso. Estou certo, como integrante dessa comissão investigativa, que esse acordo feito só prevalece o interesse da empresa. Estarei aqui para contribuir com todos aqueles que querem ver esse acordo desmiuçado para preservar o direito da população de Ilhéus”, complementou Cláudio Magalhães.

ILHÉUS: PREFEITURA ENCERRA OUTUBRO ROSA COM PALESTRAS E AÇÕES DE PREVENÇÃO À SAÚDE DA MULHER NESTE SÁBADO (30)

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), realiza no próximo sábado (30) o encerramento da campanha Outubro Rosa, com diversas ações de prevenção à saúde da mulher. O atendimento será ofertado na Policlínica Municipal Halil Medauar, das 8h às 13h. Conforme a Sesau, o público terá acesso aos seguintes serviços: atendimento clínico; atendimento de Ginecologia; atendimento de Cardiologia; atendimento com nutricionista; realização de Eletrocardiograma com laudo; além de vacinação contra a Covid-19 (para o público preconizado) e imunização contra a Influenza.

Também serão ofertadas aferição de pressão arterial; ultrassonografia de mama e transvaginal; palestras de Educação em Saúde (prevenção ao câncer de mama) e coleta de exames de laboratório; preventivo; glicemia e sorologias para Hepatites, HIV e Sífilis. É importante a apresentação do documento de identificação com foto, cartão do SUS; cartão de vacinação e comprovante de residência.

Serviço

Encerramento da campanha Outubro Rosa

Data: 30 de outubro de 2021

Horário: Das 8h às 13h

Local: Policlínica Municipal Halil Medauar

Endereço: Avenida Vereador Marcus Paiva, 291 – Cidade Nova



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia