WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



prefeitura ilheus prefeitura ilheus



(73) 99969-0648
redacao@radiobahiana.com.br

julho 2022
D S T Q Q S S
« jun    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


SOANE PARABENIZA ORGANIZADORES DO ANIVERSÁRIO DE ILHÉUS E AGRADECE AOS PARTICIPANTES PELO CLIMA DE PAZ E ALEGRIA

A pré-candidata a deputada estadual, Soane Galvão (PSB), parabenizou hoje toda a equipe da Prefeitura de Ilhéus pelo trabalho realizado durante as comemorações do aniversário de 488 anos da cidade.

Ao lado do prefeito Marão, do vice-prefeito Bebeto Galvão, do pré-candidato ao Governo do Estado, Jerônimo Rodrigues, de lideranças e da população, Soane marcou presença nos eventos cívicos, na assinatura de ordens de serviço para execução de importantes obras e na inauguração do Ginásio de Esportes Herval Soledade, totalmente reformado com verbas municipais. :: LEIA MAIS »

PRAZO DE ENTREGA DA DECLARAÇÃO ANUAL DO MEI TERMINA HOJE (30)

FOTO: AGÊNCIA BRASIL

Os microempreendedores individuais (MEI) têm até esta quinta-feira (30) para acertar as contas com o Leão. Acaba hoje o prazo de entrega da Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual (DASN-MEI).

DASN-MEI deve ser entregue mesmo por quem enviou a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, cujo prazo acabou em 31 de maio. Deve entregar o documento quem atuou como MEI em qualquer período de 2021. Quem se tornou microempreendedor individual em 2022 só deve preencher a declaração em 2023.

Caso o profissional autônomo esteja encerrando as atividades como MEI, também deve enviar o documento. Nesse caso, é preciso escolher a opção Declaração especial. A DASN-MEI está disponível na página do Simples Nacional na internet.

Na declaração, o MEI deverá informar a receita bruta total obtida com a atividade em 2021. O microempreendedor que estava ativo, mas não faturou no ano passado, deve preencher o valor R$ 0,00 e concluir a declaração. Quem contratou empregado em 2021 deve marcar sim no campo que aparece no formulário.

Quem preenche o Relatório Mensal de Receitas Brutas tem o trabalho facilitado. Basta somar os valores de cada mês e informar na declaração.

Embora não deva ser entregue a nenhum órgão público, o Relatório Mensal de Receitas Brutas precisa ser preenchido até o dia 20 do mês seguinte às vendas ou à prestação de serviços. O documento deve ser arquivado por pelo menos cinco anos, junto com as notas fiscais de compra e venda.

Quem não preencheu o relatório mensal pode apurar a receita bruta do ano anterior por meio da soma das notas fiscais. No entanto, terá mais trabalho do que quem inseriu os números no relatório mês a mês.

JOVEM DE 18 ANOS É MORTA A FACADAS EM ITABUNA; SUSPEITO QUERIA NAMORAR A VÍTIMA

Uma jovem de 18 anos foi morta a facadas no município de Itabuna, no sul do estado. O crime aconteceu na manhã desta quarta-feira (29), em frente ao condomínio onde a vítima, identificada como Lara Passos, morava. O suspeito é um amigo da família, que queria um relacionamento com a jovem.

De acordo com a família da vítima, Lara nunca teve um relacionamento com o suspeito. O suspeito já teria ameaçado a jovem após ela não aceitar iniciar um namoro com ele.

O homem foi identificado como José Roberto Silva Souza, de 39 anos. Após o crime, ele foi agredido por vizinhos. O suspeito está custodiado no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, para onde foi levado após as agressões.

O caso é investigado pela Polícia Civil como feminicídio. O corpo da vítima será sepultado nesta quinta-feira (30), no Cemitério Campo Santo, em Itabuna.

CIDADES DO INTERIOR BAIANO TEM AUMENTO DE MAIS DE 1000% EM CASOS DE COVID 19 APÓS SÃO JOÃO

Foto: Rosilda Cruz/Bahiatursa

Os festejos juninos deixaram uma herança indesejada em várias cidades do interior baiano . Por lá, onde a aglomeração foi grande, os casos ativos de Covid-19 aumentaram. Em alguns municípios, o crescimento superou a marca de 1000%.

Em Amargosa, por exemplo, no centro-sul do estado, já acumulou alta de 1.533% nos casos ativos após a festa promovida pela prefeitura local.

As festas por lá receberam um público de 80 mil pessoas por dia, de acordo com dados da  administração municipal. Segundo o boletim epidemiológico semanal de Amargosa, no dia 3 de junho a cidade tinha três casos ativos e uma busca por 39 testes. Já no dia 24 de junho, em pleno feriado junino, 49 pessoas testaram positivo e houve uso de 124 testes.

De acordo com Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas, Irecê, Senhor do Bonfim, Ibicuí, Jequié e Cachoeira são algumas das cidades mais procuradas para viagens durante o São João. A maioria dos municípios já apresenta aumento nos casos.

VIVA ILHÉUS: ALINE BARROS SE APRESENTA NESTA SEXTA (1º); SHOW ACONTECE NA LITORÂNEA NORTE

Noite de louvor e muita adoração. O evento “Gratidão Gospel Music” é mais uma festividade integrada ao Viva Ilhéus em comemoração aos 488 anos da cidade. Para encerrar as celebrações em grande estilo, a cantora Aline Barros, referência na música gospel nacional e internacional, se apresenta nesta sexta-feira (1º), a partir das 19h, na Avenida Litorânea Norte, bairro Malhado. Nesta edição, o evento traz como slogan “Eu oro por Ilhéus”.

O show será imperdível e promete arrastar uma multidão de fé. Também marcarão presença a Banda Shalom e Isaque Valverde. O prefeito Mário Alexandre frisou que o Viva Ilhéus contempla atrações para todos os públicos. “Um verdadeiro culto de adoração a Deus. Vamos finalizar as celebrações pelo aniversário da nossa cidade, agradecendo por todas as conquistas alcançadas até aqui”.

Entre os grandes sucessos da cantora Aline Barros estão as músicas “Ressuscita-me”, “Sonda-me, Usa-me”, “Rendido Estou” e “Consagração”. Ela é considerada uma das maiores vozes da música cristã do Brasil, tendo vendido mais de 12 milhões de discos.

Para os idealizadores do evento, a expectativa é enorme, uma vez que os shows foram suspensos por dois anos devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19.

Evento

Gratidão Gospel Music

Local: Avenida Litorânea Norte – Malhado

Data: 1º de julho de 2022 (sexta-feira)

Horário: 19h

BAHIA: GÁS DE COZINHA TEM NOVO AUMENTO

De acordo com o Sindicato de Revendedores de Gás da Bahia (Sindrevgás), o gás ficará entre R$ 4,00 a $ 5,00 mais barato.

O gás de cozinha passou pelo quarto reajuste na Bahia, neste ano. A partir da sexta-feira (1º), as distribuidoras pagarão cerca de R$ 4,90 mais caro pelo botijão, e o repasse aos consumidores será entre R$ 5 e R$ 7.

Com o novo aumento, o preço médio do botijão de gás fica em torno de R$ 137 a R$ 139 no estado. Apesar da Acelen, empresa que administra a Refinaria Mataripe, não ter anunciado esse novo aumento, o Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Bahia (Sinrevgas) confirmou que foi comunicado do reajuste, pela empresa.

O primeiro reajuste deste ano aconteceu no dia 3 de fevereiro, quando o valor do produto chegou até R$ 120, de acordo com o sindicato. Em 2020, um botijão custava em média, R$ 68 no estado. Em 2021, o valor chegou a R$ 105, em Salvador.

BRASIL: PLANO SAFRA 2022/2023 ANUNCIA R$ 340,8 BILHÕES PARA A AGROPECUÁRIA

O presidente Jair Bolsonaro participa do lançamento do Plano Safra 2022/23. Presentes à solenidade os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes e o presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro

O governo federal lançou nesta quarta-feira (29) o Plano Safra 2022/2023, que vai disponibilizar um total de R$ 340,88 bilhões em financiamentos para apoiar a produção agropecuária nacional até junho do próximo ano. O valor, segundo o Ministério da Agricultura, representa aumento de 36% em relação ao Plano Safra anterior, que disponibilizou R$ 251 bilhões a produtores rurais.

O novo plano foi anunciado durante cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, do ministro da Agricultura, Marcos Montes, além de diversas outras autoridades. Do total de recursos disponibilizados, R$ 246,28 bilhões serão destinados ao custeio e comercialização, uma alta de 39% em relação ao ano anterior. Outros R$ 94,6 bilhões serão para investimentos, um incremento de 29%.

“Estamos lançando um plano safra capaz de atender aos diversos segmentos do agro e atento aos compromissos do governo e da sociedade de responsabilidade fiscal, um plano safra com valor muito expressivo, R$ 341 bilhões diante de R$ 252 na safra passada, e com taxas de juros compatíveis e inferiores às taxas de mercado, inferiores até à taxa Selic”, destacou o ministro Marcos Montes.

Os recursos com juros controlados somam R$ 195,7 bilhões e aqueles com juros livres totalizam R$ 145,18 bilhões. O montante de recursos equalizados, que é aquela parte do juros que não é cobrada do tomador, cresceu 31%, chegando a R$ 115,8 bilhões na próxima safra, segundo o governo.

O novo Plano Safra também aumentou, de 50% para 70%, a possibilidade de uso dos recursos das Letras de Crédito do Agronegócio (LCA). A LCA é um título de renda fixa emitido pelos bancos para financiar atividades agropecuárias. A expectativa, segundo o governo, é que a medida gere uma maior participação do mercado de finanças privadas do agro, com a expansão de títulos como a CPR, CDCA, CRA, além da LCA.

Pronaf e Pronamp

:: LEIA MAIS »

‘LUZ NA INFÂNCIA’: OPERAÇÃO CONTRA PORNOGRAFIA INFANTIL CUMPTE 163 MANDADOS EM 13 ESTADOS E SEIS PAÍSES

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) deflagrou, nesta quinta-feira (30), a nona fase da operação “Luz na Infância”, de combate à pornografia infantil. Segundo a pasta, o objetivo é identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.

Ao todo, são 163 mandados de busca e apreensão. Eles estão sendo cumpridos pelas polícias civis estaduais, sob coordenação do ministério, nos seguintes estados:

Alagoas
Bahia
Espírito Santo
Goiás
Maranhão
Mato Grosso do Sul
Mato Grosso
Pará
Paraíba
Paraná
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
São Paulo
Além disso, também estão sendo realizadas buscas em outros seis países. São eles:

Estados Unidos
Equador
Costa Rica
Paraguai
Panamá
Argentina
Mais informações sobre a operação devem ser divulgadas em entrevista coletiva, às 11h.

Outras fases

:: LEIA MAIS »

BAHIA ADERE À CAMPANHA VACINA MAIS

Uma campanha com ampla mobilização da sociedade civil brasileira e organismos internacionais, como a Organização Panamericana de Saúde (Opas/OMS), foi lançada nesta quarta-feira (29), em Brasília, pelos Conselho Nacional de Saúde (CNS), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias municipais de Saúde (Conasems): a Vacina Mais.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) se uniu ao ato de forma virtual, reunindo técnicos e dirigentes no auditório da secretaria, com a presença da titular da pasta, Adélia Pinheiro. A campanha visa ampliar as taxas de cobertura das vacinas no Brasil, que vem sofrendo sucessivas quedas nos últimos anos.

“É preciso haver esse reconhecimento de que, como nação, nossas coberturas estão decrescentes, muito em função de um movimento antivacina que ganhou força no Brasil nos últimos anos. Vamos nos esforçar e nos unir nessa grande campanha de integração em prol da reafirmação do compromisso em favor da Saúde e da vida”, afirmou Adélia Pinheiro.

Foto: Ascom/Sesab

Segundo a diretora da Opas no Brasil, Socorro Gross, a vacinação é o mais eficaz e barato mecanismo de saúde para evitar doenças. E foi responsável por erradicar a varíola, poliomielite, rubéola e tétano de diversas nações do mundo.

“Vacinas salvam vidas, são seguras, previnem enfermidades e protegem as comunidades mais vulneráveis. Essa campanha precisa conscientizar os brasileiros de que a vacina é um bem público e aqui no Brasil, totalmente gratuito, pelo SUS. Um bem que mantém a população saudável”, ressaltou ela.

Para reconquistar as altas coberturas da vacinação de rotina do Programa Nacional de Imunizações (PNI), a Vacina Mais vai contar com uma ampla campanha de comunicação nos municípios e estados. Além disso, ganhou um reforço significativo da sociedade civil, com a participação de entidades como Anvisa, Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Sociedade Brasileira de Infectologia, diversas sociedades médicas e Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Para o presidente do Conselho Nacional de Saúde, Fernando Pigatto, é necessário “desfazer falsas notícias que levam a morte”. E Nésio Fernandes, presidente do Conass, complementou dizendo que “em qualquer país civilizado do mundo, é inaceitável que pessoas morram de alguma doença imunoprevenível por falta de vacinação. É inaceitável que doenças já erradicadas, como o sarampo e a poliomielite, voltem por causa de campanhas mentirosas a respeito das vacinas, com teses já superadas há anos”.

A CNBB se comprometeu a usar a alta capilaridade da igreja católica no Brasil para combater o negacionismo em torno das vacinas. “Vamos conversar, dialogar e conscientizar cada pessoa em nossas paróquias, do Oiapoque ao Chuí. Esse é um ato de responsabilidade social em defesa da vida. Contra a desinformação, Vacina Mais”. frisou um representante da instituição.

PNI 

O Brasil é um dos poucos países no mundo que oferecem um extenso rol de vacinas gratuitas à sua população. A iniciativa dos conselhos e da Opas busca fortalecer o Programa Nacional de Imunizações (PNI) que, em 2023, completará meio século de serviço para a população do país e, a cada ano, se consolida como uma das principais intervenções brasileiras em saúde pública.

O PNI conta com vacinas para mais de 30 doenças, disponibiliza cerca de 300 milhões de doses anualmente e tem cerca de 38 mil salas de vacinação, distribuídas pelo território nacional para que as pessoas possam se imunizar e exercer seu direito à saúde e à vida.

Bahia segue tendência nacional

Na Bahia, até 2015, a média de cobertura das principais vacinas indicadas ao público infantil esteve acima da meta. Nos anos seguintes, esse percentual vem decrescendo gradualmente, potencializando o risco de retorno de doenças que já vinham sendo mantidas sob controle ou estavam eliminadas e erradicadas.

A vacina pentavalente, que protege contra difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenzae tipo b e poliomielite (VIP), por exemplo, teve redução na cobertura de 58% em sete anos. Em 2015, a cobertura era de 92,9%. Caiu para 76,9% em 2016, manteve esse patamar em 2017, alcançou uma cobertura levemente superior em 2018 (77,2%) e, depois, só caiu: 65% em 2019, 63% em 2020 e 54,6% ano passado.

A BCG, que é uma vacina indicada para ser aplicada nas primeiras horas de nascimento, preferencialmente ainda na maternidade, e previne as formas graves de tuberculose, teve sua cobertura reduzida drasticamente no estado, passando de 100% de cobertura, em 2015, para apenas 48,7% em 2021.

“Várias hipóteses são levantadas para justificar este cenário, como a falsa sensação de segurança dos pais atuais, que não convivem mais com essas doenças justamente por causa do sucesso das campanhas de vacinação em massa mediadas pelo PNI no passado”, enfatiza Ramon Saavedra, técnico da Vigilância Epidemiológica da Bahia.

INTERNADA HÁ 15 DIAS, IDOSA SOFRE ENQUANTO AGUARDA POR CIRURGIA NO COSTA DO CACAU

Uma senhora de 83 anos, identificada como Célia Vieira Barbosa, tem vivido dias de muito sofrimento. Célia deu entrada no Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, após fraturar o fêmur.

Segundo relato da neta, Célia está há 15 dias agonizando com dores fortes à espera de uma cirurgia. A família ainda afirmou que Célia é portadora de diabetes e hipertensão e está com arritmia cardíaca. Como pedido de socorro, familiares pedem ajuda para que uma providência seja tomada com urgência.

A cirurgia da idosa ainda chegou a ser marcada na semana passada, mas foi cancelada minutos antes, quando o hospital informou que não tinha vaga na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Até então, o procedimento não foi mais remarcado, sob a justificativa de falta de material cirúrgico.

Além da fratura no fêmur, os médicos desconfiam que a idosa também esteja com trombose. Em idade avançada e sem se movimentar por dias, Célia está com um grande inchaço nas pernas. A família contou que o médico que acompanha a idosa já solicitou um exame. A cirurgia só será permitida caso a suspeita de trombose seja descartada.

Não tem sido fácil para a família assistir ao sofrimento de dona Célia. A senhora, que faz 84 anos no próximo dia 30, fez um pedido a Deus de partir o coração. “Eu estou com muita dor, meu Deus! Eu quero que o Senhor me leve logo, pelo amor de Deus. Me leve e acabe com esse sofrimento”, disse.

A neta de Célia contou que a família fez denúncia junto ao hospital e à assistência social. “É um sofrimento pra todo mundo e a gente só queria que resolvesse”, desabafou.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia